Timão investe 56% mais nas categorias de base do que o Santos



Mesmo com títulos nas categorias de base, Corinthians aproveita bem menos jogadores no elenco principal do que o rival Santos

A dificuldade do Corinthians em aproveitar jogadores das categorias de base para reforçar o elenco não é por falta de dinheiro. Segundo estudo do banco Itaú BBA, o clube foi o que mais investiu na área no ano passado, R$ 27 milhões, e destinou um total de R$ 64 milhões para a formação de atletas entre 2010 e 2014. No mesmo período, o Santos, que conta com nomes como Gabriel, Geuvânio e Gustavo Henrique no time titular, investiu R$ 41 milhões, montante 56% menor que o destinado pelo rival.

No estudo do Itaú BBA, os investimentos do Corinthians na base saltaram de R$ 3 milhões, em 2012, para R$ 27 milhões no ano passado, mas dirigentes corintianos negam que os valores correspondam à realidade. Segundo um deles, os números “não têm pé nem cabeça” e diz que os investimentos do clube foram “lineares” no período, variando entre R$ 15 milhões e R$ 20 milhões por ano.



MaisRecentes

Valorizado após a Copa do Mundo, Fágner tem proposta do Napoli-ITA



Continue Lendo

Fora de painel com ídolos em São Januário, Pedrinho deve entrar na próxima expansão



Continue Lendo

Neymar é o alvo do Real Madrid para o lugar de Cristiano Ronaldo, revela jornalista espanhol



Continue Lendo