Timão investe 56% mais nas categorias de base do que o Santos



Mesmo com títulos nas categorias de base, Corinthians aproveita bem menos jogadores no elenco principal do que o rival Santos

A dificuldade do Corinthians em aproveitar jogadores das categorias de base para reforçar o elenco não é por falta de dinheiro. Segundo estudo do banco Itaú BBA, o clube foi o que mais investiu na área no ano passado, R$ 27 milhões, e destinou um total de R$ 64 milhões para a formação de atletas entre 2010 e 2014. No mesmo período, o Santos, que conta com nomes como Gabriel, Geuvânio e Gustavo Henrique no time titular, investiu R$ 41 milhões, montante 56% menor que o destinado pelo rival.

No estudo do Itaú BBA, os investimentos do Corinthians na base saltaram de R$ 3 milhões, em 2012, para R$ 27 milhões no ano passado, mas dirigentes corintianos negam que os valores correspondam à realidade. Segundo um deles, os números “não têm pé nem cabeça” e diz que os investimentos do clube foram “lineares” no período, variando entre R$ 15 milhões e R$ 20 milhões por ano.



MaisRecentes

Evento em Paris vai debater questão do clube-empresa no futebol brasileiro



Continue Lendo

Grupos políticos do Vasco pedem fim de gasto extra em viagens



Continue Lendo

Rubens Lopes, presidente da Ferj, vê problema em fluxo de pagamento de cotas de TV aos clubes



Continue Lendo