Com Flamengo distante, inquérito sobre ‘acordo de cavalheiros’ deve acabar dia 10



Auditor do Pleno do STJD, Décio Neuhaus tem conversado com jogadores e dirigentes para apurar o questionado “acordo de cavalheiros” entre clubes, cujos contratos impedem que atletas enfrentem seus ex-times. Entre os times que podem ser citados está o Flamengo, que não utilizou, por exemplo, Guerrero e Sheik contra o Corinthians. O clube, entretanto, não deu as caras para se explicar no inquérito aberto pelo STJD para apurar os contratos.

Além do Flamengo, clubes como Palmeiras, Corinthians, Atlético-MG, Vasco e Inter também podem ser denunciados por esse tipo de acordo. Responsável por emitir um parecer sobre o assunto, Neuhaus pretende entregar o parecer sugerindo ou não a denúncia dos clubes até quinta-feira da próxima semana.



MaisRecentes

Atlético Mineiro entra no mundo das ‘Bitcoins’



Continue Lendo

Final da Libertadores desperta interesse do espectador brasileiro e audiência explode



Continue Lendo

Pedro Abad pode deixar o comando do Fluminense ainda em 2018



Continue Lendo