Com Flamengo distante, inquérito sobre ‘acordo de cavalheiros’ deve acabar dia 10



Auditor do Pleno do STJD, Décio Neuhaus tem conversado com jogadores e dirigentes para apurar o questionado “acordo de cavalheiros” entre clubes, cujos contratos impedem que atletas enfrentem seus ex-times. Entre os times que podem ser citados está o Flamengo, que não utilizou, por exemplo, Guerrero e Sheik contra o Corinthians. O clube, entretanto, não deu as caras para se explicar no inquérito aberto pelo STJD para apurar os contratos.

Além do Flamengo, clubes como Palmeiras, Corinthians, Atlético-MG, Vasco e Inter também podem ser denunciados por esse tipo de acordo. Responsável por emitir um parecer sobre o assunto, Neuhaus pretende entregar o parecer sugerindo ou não a denúncia dos clubes até quinta-feira da próxima semana.



MaisRecentes

Vasco acerta aumento pontual da exposição do Azeite Royal na camisa



Continue Lendo

Especialistas em Direito do Esporte se unem em um novo escritório de advocacia



Continue Lendo

Caso Everest: Diário Oficial publica autorização para licitar nova sede do clube



Continue Lendo