Para Comitê da Rio-2016, balada na Lapa pode explicar mal-estar em atletas americanos



Poluição da Lagoa Rodrigo de Freitas ainda é alvo de muitas reclamações de atletas

O Comitê Organizador da Rio-2016 já tem uma explicação para o grupo de atletas americanos que teve problemas estomacais durante no Mundial Júnior de Remo, há duas semanas. Na véspera da disputa, os competidores foram para a Lapa, bairro boêmio do Rio de Janeiro. A constatação da entidade deve-se ao translado do grupo, que foi feito em veículos oficiais da competição.

Dessa forma, a entidade refuta a possibilidade dos problemas de saúde que acometeu o grupo terem ocorrido por contaminação causada pela poluição da Lagoa Rodrigo de Freitas, local onde ocorreu a competição.



  • Rui

    Quer dizer, os caras vão prá Lapa, tradicional bairro boêmio, enchem a cara de manguaça, dão umas rabiscadas nas mulatas e a culpada é a água??? Vão se catar seus gringos do cacete!

  • RESAHDO

    Até pode ser, mas que está suja a Lagoa, está.

MaisRecentes

Orçamento de 2018 está sob análise dos conselhos do Flamengo



Continue Lendo

Placar das finanças: Corinthians batalha para fechar 2017 perto do ‘0 a 0’



Continue Lendo

Curso de treinador sem chancela de Conmebol e Fifa liga sinal de alerta



Continue Lendo