Número de expulsões de treinadores dispara na Série A-2015 em relação a 2014



A tolerância da arbitragem com os treinadores tem sido muito menor na Série A-2015 em relação ao mesmo período de 20 rodadas do ano passado. Segundo levantamento da CBF, passados os 200 primeiros jogos da competição, 12 “professores” foram para o chuveiro mais cedo, enquanto que na mesma quantidade de jogos de 2014 só dois ouviram a ordem “fora” da arbitragem.

O aumento do número tem relação direta com a “cruzada pelo respeito”, como a CBF batizou a orientação da redução de tolerância às reclamações, sejam de jogadores ou membros da comissão técnica.



MaisRecentes

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo

Fernanda Colombo deixa a arbitragem, lança livro e quer ser comentarista



Continue Lendo

Audiência pública promete pressionar políticos contra MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo