Número de expulsões de treinadores dispara na Série A-2015 em relação a 2014



A tolerância da arbitragem com os treinadores tem sido muito menor na Série A-2015 em relação ao mesmo período de 20 rodadas do ano passado. Segundo levantamento da CBF, passados os 200 primeiros jogos da competição, 12 “professores” foram para o chuveiro mais cedo, enquanto que na mesma quantidade de jogos de 2014 só dois ouviram a ordem “fora” da arbitragem.

O aumento do número tem relação direta com a “cruzada pelo respeito”, como a CBF batizou a orientação da redução de tolerância às reclamações, sejam de jogadores ou membros da comissão técnica.



  • palmesperto

    TODOS OS INTERESSADOS,PRINCIPALMENTE DIRIGENTES PRECISAM ACORDAR….SE VALDIVIDA QUE VIVEU NA NATA DO MEIO FUTEBOLÍSTICO DO PAÍS DECLAROU QUE O CORINTHIANS COMPROU JOGOS NO BRASILEIRÃO, TOMA CORPO AS DENUNCIAS QUE VENHO FALANDO FAZ MUITO TEMPO….HÁ MUITA PODRIDÃO POR BAIXO DESTE TAPETE E OS PRESIDENTES DOS CLUBES PRECISAM SE REUNIR COMO PRESIDENTE DA CBF , SENÃO TEREMOS MAIS UM CAMPEONATO BRASILEIRO ROUBADO …É NECESSÁRIA UMA REUNIÃO URGENTE ARA OS PRESIDENTES PROTEGEREM E PRESERVAREM SEUS CLUBES!!

MaisRecentes

‘Agressividade’ de Mattos no mercado rende brincadeiras nos bastidores



Continue Lendo

CBF planeja Seleção de Masters para 2018: projeto social e de imagem



Continue Lendo

CBF ‘absolve’ árbitro que não viu confusão Vizeu x Rhodolfo, mas STJD vai analisar



Continue Lendo