Sem organizar um jogo há 6 anos, CBF se preocupa com partidas das Eliminatórias



Manoel Flores esteve nas reuniões com os dirigentes das federações para falar das operações nos jogos das Eliminatórias

A CBF está preocupada com a organização dos jogos das Eliminatórias da Copa-2018 que ocorrerão no país este ano. Nos últimos dias, a entidade se reuniu com os presidentes das federações do Ceará, Mauro Carmélio, e da Bahia, Ednaldo Rodrigues, para ajustar a operação e logística dos jogos contra a Venezuela no estádio Castelão, em outubro, e contra o Peru na Arena Fonte Nova, em novembro.

Pela CBF, estiveram nas reuniões sobre as Eliminatórias os diretores financeiro, Rogério Caboclo, e de competições, Manoel Flores. A preocupação da entidade deve-se ao longo tempo sem organizar jogos da Seleção, já que os amistosos são de responsabilidade da Klefer (no país) e Pitch Internacional (no exterior).

Como o Brasil não disputou o classificatório para o Mundial-2014, o último jogo organizado pela CBF foi em outubro de 2009 pelas Eliminatórias da Copa-2010.

As reuniões da CBF com os presidentes das federações foram facilitadas pois tanto Mauro Carmélio quanto Ednaldo Rodrigues participaram do Curso de Gestão de Futebol, que foi realizado nesta semana na sede da entidade.



MaisRecentes

Levir Culpi x Fluminense: processo vira segredo de Justiça



Continue Lendo

Copa América-2019: Impasse contratual aumenta atraso na organização



Continue Lendo

‘Momento é delicado e precisamos reorganizar o esporte’, avalia João Derly



Continue Lendo