Obra dos Jogos Rio-2016 só ficará pronta após o evento



Segundo documento da APO, obra para as provas de remo nos Jogos Rio-2016 só ficará pronta no 4º trimestre de 2016

As obras realizadas na Lagoa Rodrigo de Freitas para as provas de remo nos Jogos Rio-2016 só ficarão prontas no 4 trimestre de 2016, ou seja, após o evento. É o que consta na versão atual da Matriz de Responsabilidades divulgada ontem pela Autoridade Pública Olímpica (APO). O custo da obra é de R$ 7 milhões e será bancada pelo Governo do Rio de Janeiro. Questionado sobre o assunto, o presidente da APO, Marcelo Pedroso, afirmou que “uma parte do contrato inclui a desmontagem das estruturas”.

A explicação de Marcelo Pedroso, entretanto, não é especificada no documento da APO. No item sobre o projeto, está apenas “reforma e adequação do Estádio de Remo da Lagoa Rodrigo de Freitas”. Em outras obras, como a Arena do Futuro, há um item específico sobre a construção e outro que abrange a “manutenção e desmontagem” do equipamento, cuja conclusão está prevista para 2017.



MaisRecentes

Conmebol anunciará veredito do Flamengo na segunda semana de janeiro



Continue Lendo

Presidência da Primeira Liga fica com o América-MG; vice é do Paraná



Continue Lendo

Botafogo recupera certificado de clube formador da CBF



Continue Lendo