Anaf vai a Brasília por apoio a direito de arena a árbitros e independência frente à CBF



Em Brasília, presidente da Anaf se reuniu com diversas lideranças de partidos e com o Secretário Nacional de Futebol, Rogério Hamam (Crédito: Divulgação/Anaf)

O presidente da Associação Nacional dos Árbitros de Futebol (Anaf), Marco Antônio Martins, se reuniu ontem em Brasília com o Secretário Nacional de Futebol, Rogério Hamam. No encontro, Martins pediu apoio a duas propostas da categoria: o de receber 0,5% das cotas de TV como direito de arena através do Profut, e da arbitragem se desvencilhar do comando da CBF. “Queremos independência. Não precisamos de ninguém para fazer uniformes ou vender patrocínios”, afirmou o presidente da Anaf.

Marco Antônio Martins aproveitou a ida a Brasília para visitar lideranças de partidos que votarão os vetos de Dilma no Profut no próximo mês, como deputado e ex-ministro do Esporte, Orlando Silva. “É um trabalho de formiguinha. Temos que buscar apoio pois o veto ao direito de arena para a arbitragem foi um erro”, apontou o presidente da entidade.



  • Marcelo

    Apitar que é bom ninguém quer né..

  • zico

    Vai pegar num cabo de
    enxada para trabalhar vagabundo. Mas um oportunista do futebol brasileiro,. Uma cambada de sopradores
    de apito, sem qualidade, que apita jogos de acordo com suas conveniências. Sou a favor de contratar árbitros de fora do pais, fica mais baratos do que deixar esses oportunista tirar mais dinheiro dos clubes, que já estão em dificuldades.

MaisRecentes

Del Nero promete solução na segunda-feira para transmissão dos jogos da Seleção



Continue Lendo

Presidente da Ferj tira terceira licença em 2017



Continue Lendo

Vasco convive com atrasos salariais, mas mantém ascensão no Brasileiro



Continue Lendo