Anaf vai a Brasília por apoio a direito de arena a árbitros e independência frente à CBF



Em Brasília, presidente da Anaf se reuniu com diversas lideranças de partidos e com o Secretário Nacional de Futebol, Rogério Hamam (Crédito: Divulgação/Anaf)

O presidente da Associação Nacional dos Árbitros de Futebol (Anaf), Marco Antônio Martins, se reuniu ontem em Brasília com o Secretário Nacional de Futebol, Rogério Hamam. No encontro, Martins pediu apoio a duas propostas da categoria: o de receber 0,5% das cotas de TV como direito de arena através do Profut, e da arbitragem se desvencilhar do comando da CBF. “Queremos independência. Não precisamos de ninguém para fazer uniformes ou vender patrocínios”, afirmou o presidente da Anaf.

Marco Antônio Martins aproveitou a ida a Brasília para visitar lideranças de partidos que votarão os vetos de Dilma no Profut no próximo mês, como deputado e ex-ministro do Esporte, Orlando Silva. “É um trabalho de formiguinha. Temos que buscar apoio pois o veto ao direito de arena para a arbitragem foi um erro”, apontou o presidente da entidade.



MaisRecentes

À espera de decisão da Justiça sobre eleição, oposição se movimenta no Vasco



Continue Lendo

Instituto Guga Kuerten consegue captar doações via ‘Clube do Patrocínio’



Continue Lendo

Grupos respeitam luto por Eurico, mas rearrumação política está em curso



Continue Lendo