‘O pior já passou’, diz diretor da Traffic sobre escândalo da Fifa



Martinho foi o responsável por lidar com as empresas parceiras da Traffic após a agência ser envolvida no escândalo da Fifa

A agência Traffic retoma aos poucos a confiança do mercado após ter “enfrentado um furacão” por estar envolvida no escândalo da Fifa pelo pagamento de propina para contratos de marketing e direitos de transmissão. A expressão para explicar o momento conturbado é do diretor comercial Ivan Martinho, que foi o responsável por lidar com as parceiras dos torneios cujos contratos foram negociados pela agência. “O pior já passou. Foram dias difíceis mas hoje já estamos negociando novos acordos”, diz o executivo.

Meio de campo
A afirmação do diretor da Traffic deve-se ao recente contrato que a agência fechou com a Continental, que patrocinará a fase final da Copa do Brasil. Sobre o período mais turbulento, Martinho diz que as empresas parceiras passaram a procurar a Traffic para ter informações sobre os contratos. “Passei vários dias tendo que explicar que os acordos não seriam afetados”, diz o executivo.

Nos bastidores
Uma forte articulação política está em processo no Congresso para derrubar o veto no Profut que abre a possibilidade dos clubes se tornarem empresas. Reuniões tanto com líderes de partidos na Câmara e no Senado, como também com parlamentares individualmente têm ocorrido todos os dias. Os vetos devem ser debatidos em setembro no Congresso.

À beira do campo
O ex-jogador Jamelli (ex-São Paulo, Santos, Corinthians e Zaragoza-ESP) está deixando a área de gestor esportivo para focar na carreira de técnico de futebol. No mês passado, ele permaneceu por dez dias em Teresópolis onde participou do curso para treinadores da CBF. Agora, Jamelli pretende aprimorar a atuação na área com estágio em um grande clube de futebol.

Pré-Olimpíadas
Por ter clubes com boas estruturas esportivas e ser litorânea, que se assemelha ao clima do Rio de Janeiro, a cidade de Santos tem atraído grande procura das delegações estrangeiras para o período de treinos e aclimatação no país antes dos Jogos Rio-2016. Um dos países que já fechou para treinar na cidade é a Itália, que utilizará as instalações do Clube Internacional no período.

Vai subir o morro
Tricampeão de Roland Garros, o tenista Gustavo Kuerten participa neste sábado, 15, de uma ação que irá pintar fachadas de casas da favela Santa Marta, no Rio de Janeiro. A iniciativa, que faz parte do projeto “Tudo de cor para você”, é realizada em parceria entre as empresas Net e Tintas Coral. Ao todo, a ação reunirá 450 voluntários e faz parte das comemorações pelos 450 anos da capital fluminense.
Vai e volta
O atacante egípcio Mohamed Salah foi o centro de uma tumultuada negociação que envolveu três clubes europeus e cujo acordo só foi decidido pela Fifa.

Adquirido pelo Chelsea em 2014, o jogador foi emprestado neste ano para a Fiorentina, que após os gols do egípcio tentou fazer valer sua preferência de compra ao fim da temporada.

O time italiano, entretanto, demorou para acertar com Salah. Atento à negociação, Hugo Garcia, agente de atletas como Paulo André e Wesley, ligou para seu representante no futebol árabe e um sócio na Itália para levá-lo para a Roma.

Após fechar contrato, a Fiorentina não quis liberar a documentação argumentando ter preferência na compra.

O caso foi levado à Fifa e a Roma ficou com Salah pagando 27 milhões de euros pelo jogador.
De Letra

“Eu queria os três pontos, mas o resultado foi um brinde”

Romildo Bolzan, presidente do Grêmio, ainda comemorando a vitória histórica de 5 a 0 do Tricolor gaúcho sobre o arquirrival Inter, no último domingo.



  • Marcelo Ferri

    Pra bandido branquinho de terno e gravata que rouba centenas de milhões o pior passa sempre rapidinho!

    • welber

      NO BRASIL MARCELO AS PESSOAS TEM A MEMORIA CURTA E SE ESQUECEM FACILMENTE DAS COISAS ,INCLUSIVE DA CORRUPÇÃO POLITICA,LOGO ESQUECEM,E TUDO VOLTA AO NORMAL ,EXEMPLO DISSO É A CORRUPÇÃO DO GOVERNO QUE A CADA DIA QUE PASSA MAIS UM CASO NOVO DE CORRUPÇÃO SE TORNA PÚBLICO, QUER UM EXEMPLO?RENAN CALHEIROS,FERNANDO COLLOR,LULA,DILMA ,PALOCCI, VOU PARAR POR AQUI POIS NÃO TEREI MAIS ESPAÇO E COM ESSE MARTINHO TAMBÉM NÃO SERÁ DIFERENTE,ALIAS TRAFFIC LEMBRA ALGUMA COISA NÃO?

MaisRecentes

Levir Culpi x Fluminense: processo vira segredo de Justiça



Continue Lendo

Copa América-2019: Impasse contratual aumenta atraso na organização



Continue Lendo

‘Momento é delicado e precisamos reorganizar o esporte’, avalia João Derly



Continue Lendo