Em caso inédito, dirigente perde carro por não pagar salários a jogadores



Jogadores envolvidos na ação judical com o advogado responsável pelo caso, Filipe Rino

Jogadores envolvidos na ação judical com o advogado responsável pelo caso, Filipe Rino

Em decisão inédita no país, o presidente do Grêmio Barueri, José Alberto Dias Jeremias, teve seu carro bloqueado por deteminação judicial por não pagar salários a cinco jogadores da equipe paulista. A determinação ocorreu ontem pela 3ª Vara do Trabalho de Barueri. A decisão deve-se à dívida de cerca de R$ 600 mil que o clube tem com os atletas por salários atrasados, férias, 13º e cláusula compensatória desportiva. O valor entretanto, pode chegar a aproximadamente R$ 1 milhão caso a Justiça avalie a ocorrência de danos morais durante o imbróglio.

Bens recolhidos
O presidente José Alberto Dias Jeremias é sócio majoritário da Academia K2, empresa responsável pelos salários dos jogadores do Grêmio Barueri, que disputou a Série D do Brasileirão em 2014 e a Série A3 do Paulistão de 2015. Por isso, ele terá o carro bloqueado (Land Rover, modelo Evoque, ano 2014), avaliado em cerca de R$ 210 mil. O dirigente deverá ter mais bens recolhidos nos próximos dias para abater o calote.

Demissão forçada
Os atletas envolvidos são Maurício Leal, Nicolas Modinger, Marcos Paulo Segobe (Careca), Jefferson Sandes e Alexsandro Carvalho (Alex Maranhão), que foram dispensados verbalmente por liderarem uma greve do elenco por causa do atraso nos salários e não receberam cartas de demissões. Segundo Thiago Rino e Filipe Rino, advogados do caso, a diretoria forçou o pedido de demissão ou saída por “justa causa”, mesmo tendo valores a receber do clube.

Ganhando força
Dado por muitos como carta fora do baralho no Santos, o gerente de futebol do clube, André Zanotta, tem ganho cada vez mais força na Baixada Santista mesmo com a pressão de conselheiros por sua ligação com a gestão anterior. Um dos que mais confia no trabalho de Zanotta é o CEO do clube, Dagoberto Santos.

Sem gargalos
Lançado na semana passada para facilitar a compra de ingressos e acesso ao estádio para os jogos do Brasileiro 2015, o Cartão Maracanã deve ser utilizado por cerca de 80 mil torcedores até o final do torneio. Essa é a expectativa de Marcelo Frazão, diretor de marketing do estádio. “Temos que incentivar a compra antecipada para melhorar os gargalos nas bilheterias do Maracanã”, afirmou o executivo.

Mais opções
Segundo Marcelo Frazão, um dos motivos para as filas corriqueiras para entrar no Maracanã em grandes jogos é a grande variedade de opções que o torcedor tem para adquirir ingresso, seja de setores ou mesmo de compra. “Antes era muito mais simples, com apenas dois setores e apenas pagamento em dinheiro”, comentou o diretor de marketing do Maracanã.

Ação com o ídolo
Um dos principais jogadores do Palmeiras na temporada, o atacante Rafael Marques participará na tarde de hoje de uma ação da Academia Store, rede oficial de lojas do clube, localizada em um shopping de São Paulo. O jogador distribuirá autógrafos e tirará fotos com os torcedores palmeirenses em iniciativa que marca os dois anos de atividades da loja alviverde.

Preparação
Surpresa entre os convocados pelo técnico Dunga para disputar a Copa América 2015, no Chile, o volante Casemiro não perderá tempo para se apresentar bem fisicamente à Seleção.

Entre os dias 26 e 30 deste mês, o jogador reservou horários em uma academia de São José dos Campos (SP), sua cidade natal, para se preparar para o torneio.

As atividades terão a supervisão de um preparador físico e um personal trainer contratados pelo atleta.

O período de trabalho ocorrerá entre o final da temporada europeia, dia 24, e a apresentação dos convocados para a Seleção, que está marcada para o dia 1º de junho, em Teresópolis (RJ).

Jogador do Porto, o último compromisso de Casemiro na temporada será no próximo dia 24, contra o Penafiel, pelo Campeonato Português.

De Letra

“É um privilégio que apenas 30 países têm”

Marco Aurelio Klein, secretário nacional da ABCD, sobre a reacreditação do laboratório brasileiro junto à Agência Mundial Antidopagem (WADA).



MaisRecentes

Del Nero estava em reunião quando soube de suspensão. E não pode pisar na CBF



Continue Lendo

Ideia de biometria em setor de organizadas não entra em regulamento da CBF



Continue Lendo

Licitação dará destino a direitos da Copa América que eram da Datisa



Continue Lendo