Em carta ao presidente da FPF, conselheiro do Palmeiras ataca coronel Marinho e recusa convite para festa do Paulistão 2015



Em carta, conselheiro do Palmeiras questiona qualificações do coronel Marinho para chefiar a arbitragem do futebol paulista

Vereador de São Paulo e conselheiro benemérito do Palmeiras, Nelo Rodolfo enviou uma carta ao presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Reinaldo Carneiro Bastos, recusando o convite para a cerimônia de premiação do Campeonato Paulista 2015, que será realizada na noite de hoje, na capital paulista.

Segundo Rodolfo, ele não se sentiria bem “dividindo o mesmo espaço com o coronel Marinho”, chefe de arbitragem da FPF. Segundo o conselheiro palmeirense, Marinho “se dedica sistematicamente a prejudicar o Palmeiras nas competições”, e aponta que os erros do árbitro Guilherme Ceretta, que apitou a final de ontem, “influiu diretamente no resultado da partida”.
O dirigente questiona ainda a formação do coronel Marinho para chefiar a arbitragem do futebol paulista.

Leia abaixo a carta do conselheiro palmeirense enviada ao presidente da FPF.

Ilmo. Sr.
Reinaldo Carneiro Bastos,
M.D. Presidente da
Federação Paulista de Futebol.
Com cópia para o Dr. Américo Calandriello.

Primeiramente, quero enaltecer a conquista do Santos Futebol Clube, instituição de que os meus pais eram torcedores e pelo qual tenho grande simpatia, por razões afetivas e também pelo legado ao futebol. Este seria motivo mais do que suficiente para comparecer à cerimônia de premiação do Campeonato Paulista de 2015, atendendo a honroso convite que o senhor me fez.
Mas não estarei presente.

E a razão é simples. Não me sentiria bem dividindo o mesmo espaço com o coronel Marinho, um profissional que, nos últimos anos, se dedica sistematicamente a prejudicar o Palmeiras nas competições dessa Federação, como ocorreu lamentavelmente mais uma vez no dia de ontem.
A desastrosa atuação de um árbitro escolhido por ele influiu diretamente no resultado da partida e, por conseguinte, manchou com as cores da vergonha uma das competições mais tradicionais do esporte brasileiro.

Por isso, é inexplicável a permanência dele à frente da comissão de arbitragem, mesmo depois de causar tanto prejuízo ao futebol paulista, razão pela qual, em protesto, devolvo os convites que o senhor me enviou.

Pergunto ao senhor: que formação tem este coronel para dirigir a Comissão de Arbitragem? Que árbitro foi revelado por ele na competição que é modelo para os outros Estados, brilho que, aliás, se deve à seriedade e competência dos clubes que integram essa federação?

Chega a ser ofensiva a manifestação do senhor coronel após a partida, que deu nota 9 para atuação de seu pupilo, conforme publicado na imprensa. A esse propósito, sugiro a leitura de cópias anexas. No texto do UOL, coronel Marinho é citado por aprovar com louvor a atuação do árbitro. A reportagem do Lance analisa a desastrosa atuação do juiz.

Aproveito para salientar que o senhor, presidente Reinaldo Carneiro Bastos, continua, pessoalmente, a desfrutar de meu respeito e admiração.

Nelo Rodolfo
Vereador



MaisRecentes

Valorizado após a Copa do Mundo, Fágner tem proposta do Napoli-ITA



Continue Lendo

Fora de painel com ídolos em São Januário, Pedrinho deve entrar na próxima expansão



Continue Lendo

Neymar é o alvo do Real Madrid para o lugar de Cristiano Ronaldo, revela jornalista espanhol



Continue Lendo