Deputado fala em ‘relatoria a quatro mãos’ para MP do Profut



 

Congresso deve instalar hoje a Comissão que ficará responsável pela análise da MP do Profut

Após reunião da “bancada da bola” ocorrida ontem, em Brasília, ficou decidido que a relatoria da Medida Provisória (MP) do Profut ficará entre os deputados Otávio Leite (PSDB-RJ) e Jovair Arantes (PTB-GO). No encontro, foi abordado também um acordo partidário em que o bloco liderado por PMDB, PP e PTB abrirá espaço para o PSDB na relatoria com Otávio Leite como titular. “Independente do nome escolhido, o trabalho será feito a quatro mãos”, diz Arantes. O relator da MP será confirmado hoje, em Brasília.

Só atrapalhou
Segundo Jovair Arantes (PTB-GO), a demora em instalar a Comissão que ficará responsável pela análise da MP do Profut deve-se ao texto enviado pelo governo com “várias irregularidades”. “Ao invés de resolver, o conteúdo só tem atrapalhado”, diz o parlamentar, que é um dos muitos representantes do Congresso favoráveis à apresentação de uma emenda substitutiva à MP do Profut com o conteúdo da Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte (LRFE).

Eles que pediram
No evento que comemorou os 103 anos do Santos, ontem, o ministro do Esporte, George Hilton, rebateu a ação dos dirigentes de boicotarem a MP do Profut. “Foram os clubes que nos procuraram e pediram essa política. Entendemos que é importante o parcelamento mas com contrapartidas”, afirmou o ministro.

Só chegar e jogar
Além de dividir a receita da partida, um dos motivos que fez a Ponte Preta aceitar o convite de fazer um amistoso no próximo dia 2 com o Orlando City nos EUA é que todas as despesas (viagens e hospedagens) do time serão pagas pela equipe americana onde joga o brasileiro Kaká. Como a viagem de ida ocorrerá no dia 29 de abril, o primeiro jogo da Ponte Preta na segunda fase da Copa do Brasil será remarcado pela CBF.

Plano audacioso
A Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN) apresentou ontem um plano de desenvolvimento e conquistas de medalhas olímpicas até 2026. Financiada principalmente com verba pública, a entidade prevê que a iniciativa privada corresponda de 60% a 80% dos investimentos ao final do ciclo. Até 2018, as modalidades Cross Country, Biathlon, Snowboard Slopestyle e Aerials receberão juntas R$ 21,3 milhões, montante que aumentará com o passar dos anos.

Know-how de fora
Por abranger modalidades que não são praticadas em um país tropical como o Brasil, a CBDN mantém quatro treinadores estrangeiros para liderar as atividades sendo dois canadenses, um chileno e uma sueca. “A ideia é trazer esse know-how diferenciado mas ter técnicos brasileiros ao lado para que esse conhecimento fique aqui no país”, afirmou Pedro Cavazzoni, superintendente técnico da CBDN.

Festa radical
Para comemorar o aniversário de 40 anos, o skatista Sandro Dias, o Mineirinho, fará um churrasco no próximo sábado, em SP. Entre os convidados, estão skatistas contemporâneos e que já confirmaram presença no evento, como Lincoln Ueda e Sérgio Negrão.

Desejadas
Começa hoje no clube Paineiras, em SP, o “Rendez-Vous à Roland Garros”, torneio qualificatório para brasileiros para entrar na chave juvenil do Grand Slam francês.

Além dos jogos, deve chamar a atenção do público brasileiro as taças Copa dos Mosqueteiros e Copa Suzanne Lenglen, respectivamente os troféus masculino e feminino de Roland Garros.

Os troféus serão exibidos ao público no próximo domingo, 19, dia da final do torneio cujos vencedores irão enfrentar representantes da Índia e da China para entrar na chave principal.

Amanhã e sexta, entretanto, as taças visitarão pontos turísticos de São Paulo e Rio de Janeiro. Os “passeios” serão para captar imagens para ações promocionais para o “Rendez-Vous à Roland Garros”.

De Letra

“Foi um acidente trágico, mas o programa não pode ser culpado por isso”

Pedro Cavazzoni, superintendente técnico da Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN), sobre o acidente ocorrido com Laís Souza.



MaisRecentes

‘Rainbow Six Pro League’, no Rio de Janeiro, neste fim de semana, terá premiação milionária



Continue Lendo

Superintendente garante que não há obstáculos para construir no campo do Everest



Continue Lendo

Detalhe técnico pode impossibilitar obra no campo do clube Everest



Continue Lendo