Malcom recebeu proposta da Alemanha, diz empresário



Há um mês, Malcom renovou seu contrato com o Corinthians até 2020

O Red Bull Leipzig, time alemão que pertence à fabricante de energético, fez uma proposta para contratar o atacante corintiano Malcom, de apenas 18 anos. O clube europeu enviou o documento por escrito ao conselheiro e empresário Fernando Garcia, que detém pelo menos 40% dos direitos econômicos do jogador. O contrato oferecido era de cinco anos e os valores não foram revelados.

A proposta do Red Bull Leipzig foi recusada pois a avaliação de Garcia é que o Corinthians montou um plano de carreira para Malcom, que acabou de renovar seu contrato até 2020, além de ter recebido aumento salarial. Além disso, o bom momento da equipe de Tite e a expectativa do atleta de jogar os Jogos Rio-2016 pesaram para o jogador permanecer no país.

Além dos 40% de Garcia, outros 30% dos direitos econômicos de Malcom pertencem ao Corinthians. Os 30% restantes são de outras duas empresas, que seriam parceiras do empresário e conselheiro corintiano.

Em abril do ano passado, o Corinthians repassou os 40% a Garcia por menos de R$ 1,5 milhão por conta de uma dívida de 15% que o clube tinha com o volante Ralf, que também pertence ao empresário. Já em dezembro, uma proposta de 12 milhões de euros (cerca de R$ 38,5 milhões ) foi feita pelo Dínamo de Kiev para contratar Malcom, o que daria um prejuízo de R$ 13 milhões ao clube considerando o percentual repassado.



MaisRecentes

Governo admite que errou em MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Sem resposta de Zé Ricardo, Milton Mendes entra no radar do Botafogo



Continue Lendo

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo