Malcom recebeu proposta da Alemanha, diz empresário



Há um mês, Malcom renovou seu contrato com o Corinthians até 2020

O Red Bull Leipzig, time alemão que pertence à fabricante de energético, fez uma proposta para contratar o atacante corintiano Malcom, de apenas 18 anos. O clube europeu enviou o documento por escrito ao conselheiro e empresário Fernando Garcia, que detém pelo menos 40% dos direitos econômicos do jogador. O contrato oferecido era de cinco anos e os valores não foram revelados.

A proposta do Red Bull Leipzig foi recusada pois a avaliação de Garcia é que o Corinthians montou um plano de carreira para Malcom, que acabou de renovar seu contrato até 2020, além de ter recebido aumento salarial. Além disso, o bom momento da equipe de Tite e a expectativa do atleta de jogar os Jogos Rio-2016 pesaram para o jogador permanecer no país.

Além dos 40% de Garcia, outros 30% dos direitos econômicos de Malcom pertencem ao Corinthians. Os 30% restantes são de outras duas empresas, que seriam parceiras do empresário e conselheiro corintiano.

Em abril do ano passado, o Corinthians repassou os 40% a Garcia por menos de R$ 1,5 milhão por conta de uma dívida de 15% que o clube tinha com o volante Ralf, que também pertence ao empresário. Já em dezembro, uma proposta de 12 milhões de euros (cerca de R$ 38,5 milhões ) foi feita pelo Dínamo de Kiev para contratar Malcom, o que daria um prejuízo de R$ 13 milhões ao clube considerando o percentual repassado.



MaisRecentes

Dentista explica que assimetria facial pode deixar atletas sujeitos a lesões



Continue Lendo

Paris Saint-Germain (FRA) fará ação social na favela da Rocinha



Continue Lendo

Árbitros Fifa do Rio de Janeiro alcançam as maiores notas nos testes teóricos



Continue Lendo