Guarani ‘bate o pé’ pelo Brinco de Ouro e dispara contra empresa gaúcha



 

Guarani

(Foto: Ari Ferreira)

* Por Lucas Faraldo

O Guarani, que fez 104 anos nessa quinta-feira, não abrirá mão do Brinco de Ouro. Arrematado pela gaúcha Maxion Empreendimentos Imobiliários na segunda-feira, o estádio está avaliado em R$ 400 milhões, segundo o clube campineiro. A construtora ofereceu R$ 105 milhões (R$ 31,5 milhões pagos de entrada e o resto parcelado em 12 vezes de R$ 6,125 milhões). “Fiquei desolado. Não esperava o fato de aparecer um oportunista, alguém que não conhece história e tradição do Guarani”, disse o presidente Horley Sena.

Endividado
O leilão do Brinco de Ouro, mesmo que concretizado, não resolverá nem metade dos problemas financeiros do Guarani. O clube possui quase R$ 80 milhões em dívidas trabalhistas. A dívida total da agremiação gira em torno de R$ 250 milhões. Parte da renda de bilheteria vem constantemente sendo penhorada pela Justiça. Atualmente, a equipe disputa a Série A2 do Paulistão; no segundo semestre, a Série C do Brasileirão.

Boleirões
O comportamento de dois dirigentes do Corinthians vem chamando atenção em concentrações, viagens e vestiários. Jorge Kalil, vice-presidente, e Sérgio Janikian, diretor de futebol, tentam manter contato com os jogadores mesmo quando não são solicitados.

Após a goleada sobre o Danubio, por 4 a 0, Janikian se dirigiu a Guerrero para cumprimentá-lo pelos três gols e surpreendeu o atacante ao brincar que apanharia na rua se o peruano continuasse a jogar tão bem. A brincadeira faz referência à novela em que se transformou a renovação contratual do jogador.

Tanto Janikian quanto Kalil assumiram cargos no Corinthians depois da eleição de Roberto de Andrade como novo presidente do clube, em fevereiro desde ano. O setor de futebol alvinegro ainda sofre mudanças.

Modernidade
O Atlético-PR finalizou o teto retrátil da Arena da Baixada após cinco meses de obras. O estádio é o primeiro da América Latina a contar com cobertura móvel. O aparato já está disponível para ser utilizado no jogo deste domingo, entre Furacão e Prudentópolis, caso haja chuva torrencial. O clube planeja atrair de pequenos a megaeventos em sua arena.

DCIM101GOPRO

(Foto:  Bruno Baggio)

Mídias sociais
Com receio de ser esquecido nos Estados Unidos, o lateral Léo Moura fará uma ação no Instagram. Amanhã ele estreará pelo Fort Lauderdale Strikers. Através da hashtag #adayinthelife, o jogador ex-Flamengo fará publicações ao longo do dia, tanto antes do jogo contra o New York Cosmos quanto depois. Com intenção de manter sua visibilidade no Brasil, ele mostrará detalhes da data especial.

Ponte para Paris
São Paulo receberá o torneio “Rendez-Vous à Roland Garros” entre 16 e 19 de abril, quando 16 garotos e 16 meninas disputarão a chance de ingressar na chave juvenil do Grand Slam parisiense. Os campeões de São Paulo viajarão com todas as despesas pagas para um triangular que será disputado em Paris contra os vencedores de eliminatórias disputadas na China e na Índia.

Royal flush
A segunda etapa do Circuito Brasileiro de Pôquer (BSOP) de 2015, realizada em Camboriú, quebrou um dos recordes da organização. Com 966 inscrições, o torneio foi o maior evento do esporte da mente fora de São Paulo e o maior da história de Santa Catarina. Para coroar tal feito, o local catarinense Rafael Monteiro sagrou-se campeão da etapa, com prêmio de R$ 329.550,00.



  • Quem melhor quiser conhecer os dirigentes do Corinthians basta acompanhar diariamente o Blog do Paulinho . E quem quiser saber as verdades sobre o clube saia do Lancenet ( mercantilista , sensacionalista e com um jornalismo raso e tendencioso ) leis o Potal do Uol .

    • José Henrique

      Uolixo ? Leia você, lá, já que é anti Corinthiano de carteirinha. Tendencioso? De Prima é coluna imperdível para quem quer obter “informação”. Por falar em tendencioso, quem você acha que é , quem insiste em usar o apelido do estádio do Timão, mesmo com pedido formal da instituição?
      Preconceito com o povo humilde do bairro de Itaquera, somos todos iletrados e marginais desonestos, ganhamos estádio do governo, só ganhamos roubado, beneficiados por juízes, com advogados clubistas,recorrendo a justiça para interromper nossos patrocínios, promotor questionando uma lei de 2004 (Cids), feita para desenvolver aquela terra esquecida há decadas.
      Tudo isso, você pode ler onde quiser, até em poços de falta de credibilidade.
      Nós Corinthianos lemos tudo sim, mas, sabemos onde está a verdade.

  • O Guarani perdeu, tiveram o prazo suficiente para resolver isso tudo a tempo,agora reclama do oportunismo, meu isso são negocios se justiça determinou é porque não apareceu ninguem pra oferecer mais grana.

  • Carlos Carizane

    A melhor coisa que o Guarani pode fazer, é fechar para não aumentar a divida, duvido que estas dividas todas sejam pagas, tenho pena dos que tem a receber.

MaisRecentes

Orçamento de 2018 está sob análise dos conselhos do Flamengo



Continue Lendo

Placar das finanças: Corinthians batalha para fechar 2017 perto do ‘0 a 0’



Continue Lendo

Curso de treinador sem chancela de Conmebol e Fifa liga sinal de alerta



Continue Lendo