Congresso apresenta 181 emendas à MP do futebol



 

Parlamentares apresentaram 181 emendas durante as sessões desta semana

Após a assinatura da Medida Provisória (MP) do governo que visa modernizar o futebol brasileiro, o Congresso apresentou um total de 181 emendas para modificar o texto original elaborado pelo Poder Executivo. As sugestões foram apresentadas durante as sessões desta semana e serão debatidas pelos parlamentares quando o documento entrar na pauta do Congresso.

O senador Romero Jucá (PMDB-RR) foi o que apresentou o maior número de emendas, 18 no total. Na sequência aparecem os deputados federais Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), com 13 emendas, William Woo (PV-SP), com 8 sugestões de mudanças ao texto da MP.

Segundo o deputado e ex-ministro do Esporte Orlando Silva (PCdB-SP), que apresentou seis emendas, três pontos devem concentrar os debates no Congresso em relação ao conteúdo original da MP: os investimentos no futebol feminino como contrapartida para os clubes aderirem ao refinanciamento de suas dívidas, a aplicação de medidas que regulamentam a CBF, e o percentual de 6% sobre a receita total dos clubes a serem pagas no início do parcelamento, índice considerado alto por muitos parlamentares.

– Apesar da grande quantidade de emendas, esse é um número padrão para questões importantes como é essa para o futebol brasileiro – afirmou Silva, sobre as 181 emendas apresentadas.



MaisRecentes

Fernanda Colombo deixa a arbitragem, lança livro e quer ser comentarista



Continue Lendo

Audiência pública promete pressionar políticos contra MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Técnico brasileiro Milton Mendes renova mais alta licença da Uefa para técnicos



Continue Lendo