Bom Senso FC faz críticas ao fair play financeiro da CBF



O Bom Senso FC divulgou nesta quinta-feira, 5, um posicionamento sobre o fair play financeiro divulgado pela CBF nesta semana e fez duras críticas ao modelo que será adotado pela entidade no Campeonato Brasileiro. Além de ironizar a iniciativa chamando-a de ‘fair play genérico’, o movimento de atletas diz a medida “não faz mal a ninguém”.

O erro principal apontado pelo Bom Senso FC é a forma como os clubes serão punidos por atrasos salariais, onde o atleta da própria equipe precisa entrar com uma ação contra seu próprio time para que ele perca pontos no campeonato. “A exposição do jogador torna o modelo ineficaz”, diz o texto do movimento.

Ainda de acordo com o Bom Senso FC, o ideal seria adotar um modelo em que “os clubes prestem contas periodicamente sobre o pagamento de salários e direito de imagem a todos os seus funcionários (atletas e não-atletas) e com punições desportivas e responsabilização pessoal dos dirigentes que não estiverem em dia com suas obrigações fiscais e trabalhistas”, e defende o funcionamento do fair play financeiro através de um projeto de lei, como contrapartida ao refinanciamento da dívida dos clubes.



  • José Henrique

    O Bom Senso continua blindando os “detentores dos direitos econômicos”, com fatias maiores de jogadores do que clubes, e todo o ônus tributário e trabalhista jogado nas costas dos clubes.
    Um contra senso do bom senso.

  • kaduterra

    O Bom Senso está dando uma aula. Imagina como ficaria para o torcedor aquele jogador que denunciar o time e fazer o time perder pontos?

MaisRecentes

‘Agressividade’ de Mattos no mercado rende brincadeiras nos bastidores



Continue Lendo

CBF planeja Seleção de Masters para 2018: projeto social e de imagem



Continue Lendo

CBF ‘absolve’ árbitro que não viu confusão Vizeu x Rhodolfo, mas STJD vai analisar



Continue Lendo