Exame antidoping surpresa corresponderá a 80% do total este ano no Brasil



Marco Aurélio Klein é secretário nacional para a Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD)

O número de exames antidoping surpresa no Brasil aumentará consideravelmente neste ano. Até o momento, foram poucos testes feitos fora de competições oficiais mas esse tipo de exame corresponderá a 80% das coletas em atletas profissionais, com apenas 20% durante os eventos. A iniciativa integra o plano de ações da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) para 2015. “Testes fora das competições é uma tendência mundial”, diz Marco Aurélio Klein, secretário nacional para a ABCD.

Quase pronto
O aumento de exames antidoping neste ano leva em consideração a recuperação da chancela junto à Agência Mundial Antidopagem (WADA) do Laboratório Brasileiro de Controle de Dopagem (LBCD), no RJ, que está sem o certificado desde 2013. O processo para a obtenção da chancela está em sua fase final e a expectativa é que o laboratório brasileiro volte ser credenciado na Wada a partir de maio, quando ocorre o encontro do Comitê da entidade.

Mais rápido
Normalmente, o processo de obtenção do certificado da WADA demora pelo menos dois anos para ser emitido e há apenas 32 locais credenciados pela agência no mundo. O laboratório brasileiro, entretanto, passou por um processo mais rápido, chamado de “fast track”, que durará cerca de oito meses. O LBCD será o local onde serão realizadas os mais de 5 mil testes dos Jogos Rio-2016.

Verba em alta
Entre os projetos que mais captaram verba junto à Lei de Incentivo ao Esporte, o Instituto Tênis quer ampliar seu orçamento com outra iniciativa, a Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, que destina parte do ICMS recolhido por empresas a projetos esportivos. Após captar R$ 4,2 milhões em 2014, a expectativa do Instituto é passar dos R$ 5 milhões este ano.

Oposição unida
Adversários até a semana passada para assumir a presidência da Federação Paranaense de Futebol (FPF), Ricardo Gomyde e Juliano Tetto decidiram formar uma única chapa de oposição para evitar a reeleição do atual presidente da entidade, Hélio Cury. Ex-assessor do Ministério do Esporte, Gomyde será o candidato e Tetto o 1º vice.

Grandes aliados
Gomyde ganhou força para liderar a chapa pois tem o apoio dos três grandes times do estado: Atlético-PR, Coritiba e Panará. Ele conta também com sua atuação como secretário estadual do Esporte para obter votos dos clubes do interior, onde seu adversário, Hélio Cury, tem mais força. No pleito da FPF, os clubes têm peso igual, sendo que 90 filiados votaram na última eleição.

Em defesa
Sobre a Ponte Preta ter lhe excluído do Conselho por suposto desvio de verba, Marco Antônio Eberlin diz que o fato deve-se à briga política que tem com o ex-presidente, Sérgio Carnielli, e por ter entrado com uma ação contra o projeto do novo estádio da Ponte. Aponta ainda que o Conselho ignorou um documento que prova que não houve dinheiro na negociação do qual é acusado. E diz que irá à Justiça para retomar o título de conselheiro benemérito.

Novo round
A rivalidade entre Palmeiras e São Paulo se acirrou no último ano fora das quatro linhas. O fato deve-se à disputa por jogadores no mercado, como a ida de Alan Kardec para o São Paulo e a de Dudu para o Palmeiras.

Agora, mais um embate fora dos gramados deve ocorrer entre os dois clubes paulistas. E o motivo é a disputa entre Morumbi e Allianz Parque para sediar, ao lado da Arena Corinthians, partidas de futebol dos Jogos Rio-2016.

Apesar da Fifa preferir a arena palmeirense por ser mais moderna, o São Paulo tem um documento assinado pelo Comitê Rio-2016 durante a candidatura do país, em 2009, que aponta o Morumbi como sede.

A decisão será tomada em breve pelo presidente da Comissão do Torneio de Futebol dos Jogos Rio-2016 da Fifa, Marco Polo Del Nero.

De Letra

“É muito difícil administrar um clube com uma carga tributária de R$ 3 milhões por mês”

Daniel Nepomuceno, presidente do Atlético-MG, sobre o valor de tributos pagos ao governo por um grande clube no futebol brasileiro.



MaisRecentes

Diretor da Chape compara permanência na Série A a título da Champions League



Continue Lendo

Botafogo sai da lista de clubes formadores da CBF. Coritiba retorna



Continue Lendo

Entidades buscam nome para preencher vaga no Tribunal Antidopagem



Continue Lendo