Para equilibrar finanças, Atlético-MG irá cortar 20% dos gastos este ano



Daniel Nepomuceno, presidente do Atlético-MG, diz que corte das despesas abrangerá todos os departamentos do clube

Após ter queda nas receitas em 2014 e lidar com atrasos salariais de jogadores na temporada passada, o Atlético-MG começa a enxugar os gastos para tentar equilibrar as finanças do clube este ano. Segundo o presidente do Galo, Daniel Nepomuceno, todos os departamentos do clube terão uma redução de 20% das despesas. “Temos que fazer esses ajustes para chegar ao final do ano bem equilibrado”, diz o dirigente, que assumiu o Atlético-MG no início de dezembro e cuja gestão vai até o final de 2017.

Em defesa
Apesar da necessidade de fazer ajustes nas finanças do Atlético-MG por conta da alta nos gastos, Daniel Nepomuceno defende a política adotada por seu antecessor, Alexandre Kalil. “O que ele fez foi um investimento pois teve retorno e voltamos a ser um dos maiores clubes do país”, diz o dirigente, que não comentou o balanço financeiro de 2014. Segundo estudo do banco Itaú BBA, a previsão para as finanças do Atlético-MG era de “deterioração” no ano passado após as despesas do clube crescerem 35% no ano anterior.

Futuro incerto
Reintegrados há um mês ao elenco do Galo, os atacantes Jô e André ainda não estão garantidos na equipe mineira para a temporada de 2015. O técnico Levir Culpi ainda deve cortar 10 dos 40 jogadores que estão treinando atualmente pelo time. “Nenhum atleta está 100% garantido pois o Levir ainda está resolvendo quais vão ficar”, diz Nepomuceno.

Nomes na lista
Eleito presidente do Corinthians no último sábado, Roberto de Andrade se reuniu ontem à tarde com o ex-presidente e aliado Andrés Sanchez e o vice-presidente André Luiz Oliveira. Juntos, eles definiram os nomes que vão compor a diretoria do clube. O anúncio da nova cúpula corintiana deverá acontecer hoje.

Excluído
O Conselho Deliberativo da Ponte Preta excluiu nesta semana dos quadros sociais e de conselho do clube o ex-vice presidente de futebol Marco Antonio Eberlin. O motivo alegado para a exclusão foi o suposto desvio de R$ 200 mil do empréstimo do ex-jogador Mineiro ao São Caetano em transação ocorrida em 2003. Eberlin também perdeu honrarias como a de ser sócio-benemérito do clube de Campinas.

Sem justificativas
Segundo o presidente do Conselho da Ponte Preta, Mauro Alcides Zuppi, Eberlin foi chamado quatro vezes para apresentar justificativas aos conselheiros sobre o desaparecimento da verba e não compareceu em nenhuma das oportunidades. E que mandou apenas um documento através de seu advogado na última terça, dia 10. Desde dezembro, Eberlin é o diretor de futebol do Bragantino.

Réplica tricolor
A réplica da camisa do São Paulo, de 1957, tem feito sucesso na rede Liga Retrô, especializada em camisas antigas de clubes e seleções. Lançada em parceria com a licenciada SPR ao preço de R$ 140, o produto teve alta de 31% no último mês e a expectativa é comercializar cerca de 1 mil camisas ao longo do Campeonato Paulista.

Paredão
Os amantes do tênis que forem ao Rio Open na próxima semana poderão dar boas raquetadas e ajudar as crianças atendidas pelo Instituto Tennis Route.

É que o Itaú, patrocinador do torneio, irá montar um paredão para simular uma quadra de tênis onde o público poderá testar suas habilidades com a raquete.

E o desempenho dos “jogadores” irá compor uma pontuação diária, que ao final da competição irá determinar a quantidade de raquetes que serão doadas para a instituição.

Na edição do Rio Open de 2014, uma ação semelhante foi realizada pelo banco na qual foram doadas um total de 115 raquetes para ajudar no desenvolvimento do tênis brasileiro.

O torneio tem início amanhã, dia 14, e ocorre até o próximo dia 22 no Jockey Club, no RJ.

De Letra

“Graças a Deus não estou mais no futebol”

Vilson Ribeiro de Andrade, ex-presidente do Coritiba, ao ser questionado sobre sua atuação no clube e apoio na eleição da Federação local, que ocorre no mês de abril.



  • Paulo Wagner

    Até onde sei, o Atlético Mineiro era o segundo clube mais falido do Brasil, atrás apenas do Flamengo. Não sei de onde estão tirando dinheiro para manter esses jogadores até agora. Pelo tamanho da torcida, vai ser um novo Botafogo não demora muito…

    • Thiago Jr.

      Sem dúvida. O Kalil é um amador e provou isso optando pelo Independência. Hoje em dia, dificilmente o Atlético coloca mais de 40.000 pessoas no Mineirão.

      • Cristiano

        Tem razão Thiago, O Kalill é tão amador que ganhou, além de 3 mineiros, as inéditas Libertadores, Recopa e Copa do Brasil. Também conseguiu 5, dentre as 10 maiores rendas da história do futebol brasileiro (http://www.blogteoriadosjogos.com/2014/12/09/as-maiores-rendas-da-historia-atualizacao-final-2014/); a maior transação da história do futebol mineiro (Bernard – 25 milhões de euros); Quitação de 90% dos débitos deixados por inúmeros presidentes (estes sim, amadores) que o atlético teve antes dele; Adesão ao REFIS, para pagamento em 180 meses (apenas o patrocínio do calção pagará a parcela mensal); construção do melhor CT do Brasil e 5 do mundo; Quanto à torcida, os queridinhos Flamengo e Corinthians colocaram tiveram média, no ano passado, de 29.000 e 26.500 pessoas (http://globoesporte.globo.com/futebol/brasileirao-serie-a/publico-brasileirao.html), ao passo que o galo, somados jogos do mineiro, da libertadores, da recopa e da Copa do Brasil, realizados no mineirão, tem, fácil, média bem maior que esta. abraços!

        , (

    • marlon

      calma nem e quarta feira ainda
      sabe pq quarta feira tem mais

  • calma quarta feira tem mais..

  • Anderson

    Sinceramente… certo é o cruzeiro…deixa perder 3 partidas direto se os simpatizantes vão ao estádio ver jogos??? Historicamente quem não tem torcida é o cruzeiro…se perder duas partidas da eco no Mineirão em jogos do cruzeiro…ai quero ver pagar o aluguel…do estádio…concordo que o galo tem que mandar seus jogos no Mineirão pelo tamanho da torcida.

  • Caro,
    Paulo Wagner,
    Pelo jeito vc é Flamenguista . Hoje em dia vc só vive de glórias passadas e ainda sinto vc ressentido pelos 4 a 1 na copa do brasil e eliminação.

MaisRecentes

Vitória de Mufarrej no Botafogo não significará troca de funcionários



Continue Lendo

Presidente do COB diz que entidade já mudou e pede: ‘Vejam com outros olhos’



Continue Lendo

Corinthians espera premiação do Brasileiro em dezembro



Continue Lendo