Evento da Copa-2014 vira alvo da oposição do São Paulo



Durante a Copa-2014, Morumbi foi palco do evento “Casa Pelé do Futebol”, que hoje é alvo de conselheiros da oposição do clube.

Um dos temas que a oposição do São Paulo levará para ser debatido na primeira reunião do Conselho Deliberativo, na próxima terça-feira, 10, é a “Casa Pelé do Futebol”, evento que foi realizado no Morumbi durante a Copa-2014. Os conselheiros da oposição querem que o clube dê detalhes das empresas fornecedoras de serviços que foram contratadas e do lucro obtido pelo clube com o evento, cujos ingressos variavam de R$ 70 a R$ 770. As vendas das entradas foram realizadas pelo site Ticket360.

Morumbi em festa
A Casa Pelé realizou um total de 19 eventos durante os 30 dias do Mundial e contou com shows e apresentações como a da cantora Claudia Leitte e do DJ Fat Boy Slim. O espaço montado atrás de um dos gols do Morumbi ainda contou com a exposição “Rei Pelé Experience”, que reuniu vídeos, narrações, painéis interativos e imagens históricas do ex-jogador, que esteve no evento em um dos jogos do Brasil na Copa-2014.

Sem quórum
Prevista para ocorrer nesta semana, a reunião dos membros que compõem a comissão técnica da Lei de Incentivo ao Esporte não foi realizada. O motivo, segundo o Ministério do Esporte, foi a “falta de quórum”. O encontro foi remarcado para a próxima terça-feira, 10. Até o final do ano, estão previstas para ocorrer outras dez reuniões para tratar questões relativas à lei de incentivo.

Ingresso na mão
Parceira de dez times brasileiros, a Tim lançou um aplicativo em que os torcedores poderão adquirir ingressos por meio do celular. Além da compra, o aparelho servirá para dar acesso aos estádios através da tecnologia QR Code. O aplicativo já está disponível para jogos de Vasco, Cruzeiro e Palmeiras, incluindo o contra o Corinthians, amanhã. O Inter é o próximo a fazer parte.

Novos mercados
Parceira em materiais esportivos de cinco clubes, entre eles Portuguesa e Vila Nova-GO, a Pulse deixará de ter o futebol como foco e ampliará sua atuação para outras três áreas de vestuário: fitness, training e casual. A expansão é trabalhada há seis meses pela Meltex Aoy, dona da marca Pulse, e os novos produtos chegarão a lojas de todo o país a partir de março.

Ponte quebrada
A Pulse foi criada em 2012 para fornecer material esportivo para a Ponte Preta e desde então teve o futebol profissional como foco da marca. O acordo com o time de Campinas, entretanto, foi rescindido pelo clube através de liminar judicial por conta de problemas como o atraso no abastecimento de uniformes. A Pulse também tem contratos com São Bernardo, Guaratinguetá e Grêmio Osasco Audax.

Confirmado
Conforme antecipou a coluna no último dia 18 de dezembro, o canal SporTV também irá transmitir a NBA para o mercado brasileiro a partir deste ano. O contrato é válido por oito temporadas e tem início a partir do dia 24 deste mês. Dessa forma, o SporTV se junta a outros três canais que também transmitem a liga americana de basquete: ESPN, Space e Sports+.

Sócio a sócio

O Palmeiras é o grande destaque entre os programas de sócio-torcedor no país passando da 5 para a vice-liderança do ranking do Movimento por um Futebol Melhor no último mês.

Logo atrás, a disputa para entrar no Top 3 do ranking do Movimento por um Futebol Melhor está acirrada. O Corinthians, 4 lugar atualmente com 80.137 associados, está perto de passar o Grêmio, que ocupa a 3 posição com 80.581 sócios. E a tendência é que isso ocorra nos próximos dias.

Só em janeiro, o clube paulista ganhou cerca de 6 mil novos sócios, enquanto que o programa do tricolor gaúcho se manteve estável.

E o Corinthians conta com um importante trunfo para angariar novos associados: a Copa Libertadores, cujos ingressos são vendidos praticamente para sócios do Fiel Torcedor.

De Letra

“Muitos de nossos preços são os mesmos que do varal”

Tulio Formicola, diretor-geral da Meltex Aoy, que opera as lojas de Palmeiras, Grêmio e Santos, comparando os produtos oficiais da rede com os piratas.



MaisRecentes

Se estrear na próxima rodada, árbitro de vídeo não será para todos os jogos da Série A



Continue Lendo

Licenciamento vira argumento de CBF e clubes para minimizar liminar contra exigência de CND



Continue Lendo

CBF faz ‘parte 2’ de reuniões sobre árbitro de vídeo nesta quarta



Continue Lendo