Corinthians pode perder Guerrero sem ser notificado



Guerrero estaria na mira do Hamburgo, segundo divulgou o jornal alemão Bild

Caso o interesse do Hamburgo em Guerrero seja real, conforme divulgou o jornal alemão “Bild”, o Corinthians poderá perder seu atacante sem ser notificado. Por se tratar de uma negociação internacional, a Fifa não obriga que o clube interessado notifique o time que detém os direitos do atleta. “Tal aviso só deve ocorrer quando as tratativas envolverem dois clubes brasileiros”, diz o advogado Eduardo Carlezzo, especialista em direito esportivo. O acordo de Guerrero com o clube termina em julho.

Lugar marcado
O Corinthians deve anunciar nos próximos dias a venda das cadeiras cativas de sua arena onde os torcedores poderão adquirir assentos para toda a temporada de jogos. A comercialização envolverá as cadeiras do Setor Oeste do estádio, com 100% do nível superior e metade (parte central) do nível inferior. Todo o setor tem cerca de 15 mil assentos e é o mesmo onde estão situados os camarotes da arena corintiana.

Figurinha difícil
Emerson Sheik não quis tirar foto para a sessão ‘elenco’ do site do Corinthians nos EUA sob argumento de que estava com pontos na testa após trombada com o lateral Uendel. A delegação voltou há mais de uma semana ao Brasil e a foto do jogador na página segue a antiga, com modelo de camisa e patrocinador que não são os atuais. Esse já não é a primeira vez que o clube tem dificuldade de convencer o atacante a participar dos eventos oficiais.

Nova diretoria
O Conselho de Orientação e Fiscalização (COF) do Palmeiras escolherá nesta quinta-feira, 29, a nova diretoria do órgão para os próximos anos. Por ter sido reeleito para compor o COF, Alberto Strufaldi, que presidiu o órgão na última gestão, tem grandes chances de se manter à frente do Conselho palmeirense.

Sem privilégios
O presidente do Esporte Interativo, Edgar Diniz, negou ontem, durante o lançamento da Copa Verde-2015, que o canal irá privilegiar as transmissões internacionais em detrimento do torneio nacional. “Vamos utilizar nosso investimento na Liga dos Campeões para promover o futebol brasileiro”, afirmou. O canal adquiriu no final de 2014 os direitos do torneio europeu pelas próximas três temporadas.

Em negociação
Patrocinadora de Anderson Silva há três anos, a Budweiser negocia a renovação do contrato com o lutador, que volta ao Octógono do UFC neste sábado, 31. O atual acordo foi firmado por dois anos em abril de 2013 e compreendeu o pior momento da carreira do brasileiro, que foram as duas derrotas para o americano Chris Weidman, a última delas com uma lesão grave que afastou Silva por um ano das lutas. Segundo a porta-voz da marca, Diana Maranhão, “em nenhum momento a marca cogitou romper o acordo”.

No país vizinho
A brasileira Netshoes iniciou nesta semana a operação da loja virtual do San Lorenzo, da Argentina. A empresa, que já opera o e-commerce do River Plate, comercializará mais de 200 itens oficiais com entrega em todo o país vizinho.

Interditados
Faltando três dias para o início do Paulistão-2015, dois estádios que serão utilizados no torneio ainda estão interditados: o Canindé, da Portuguesa, e o Augusto Schmidt, do Rio Claro.

O clube da capital tenta a liberação de seu estádio junto à Polícia Militar, que interditou o Canindé em novembro de 2014. Até conseguir o laudo da PM, o clube mandará seus jogos em Bragança Paulista.

Já o Rio Claro tem um problema maior para resolver pois seu estádio não possui a capacidade mínima de 15 mil pessoas. A saída encontrada pelo clube foi instalar estrutura provisórias, mas dificilmente terá a liberação do Corpo de Bombeiros até a estreia do time, no sábado (31).

Por outro lado, outros oito estádios que haviam sido interditados pela FPF em dezembro conseguiram a liberação para a rodada inicial do torneio.

De Letra

“O problema a gente já tem. Temos é que encontrar a solução”

Dunga, técnico da Seleção Brasileira fala  sobre a responsabilidade de assumir a equipe nacional após a derrota por 7 a 1 para a Alemanha.



MaisRecentes

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo

Fernanda Colombo deixa a arbitragem, lança livro e quer ser comentarista



Continue Lendo

Audiência pública promete pressionar políticos contra MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo