Governo prepara projeto para o futebol feminino de base



Novo ministro do Esporte, George Hilton diz que o futebol feminino está entre as prioridades de seu mandato

O governo dará início neste ano a um projeto voltado ao futebol feminino de base que terá como foco a parte educacional das jovens jogadoras. A ideia é acelerar o desenvolvimento da modalidade através de parcerias com escolas e universidades por todo o país. “É um projeto ousado pois prevê que as atletas cheguem ao profissional com Ensino Superior”, comenta George Hilton, ministro do Esporte, que cita o Ensino a Distância (EaD) como uma das ferramentas a serem utilizadas na iniciativa.

Questão de honra
O governo prepara ainda uma Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) abrangendo as esferas federal, estadual e municipal para garantir a realização dos projetos voltados ao futebol feminino do país. Entre os recursos estão os US$ 15 milhões (cerca de R$ 39 milhões) oriundos do Fundo de Legado da Copa-2014 criado entre Fifa e CBF para desenvolver o futebol no Brasil. “O futebol feminino é questão de honra para mim”, disse Hilton.

Visitas
Presidente da CBF, José Maria Marin tem procurado os grandes clubes do país para discutir maiores investimentos no futebol feminino. O último deles foi o Santos, onde conversou com seu novo presidente, Modesto Roma Jr., que “demonstrou boa vontade” sobre a questão. Segundo Marin, ele e Marco Polo Del Nero, VP da CBF, farão uma nova visita ao presidente do Santos em breve.

Projetos sociais
Na última terça-feira, 20, o novo ministro do Esporte, George Hilton, recebeu a visita de dois pentacampeões com a Seleção Brasileira, em 2002: o zagueiro Edmilson e o capitão Cafu. Apesar do encontro informal, realizado em Brasília, os ex-jogadores falaram de projetos sociais envolvendo jovens carentes que realizam através das fundações que levam seus respectivos nomes.

Em alta
O programa Avanti virou a menina dos olhos de Paulo Nobre no Palmeiras. Desde que assumiu o clube, em janeiro de 2013, ele viu o número de sócios saltar de 11,2 mil para perto dos 80 mil atualmente, sendo que o número de associados dobrou nos últimos seis meses. O programa também tem ajudado o clube nas contratações, já que gerou cerca de R$ 12 milhões em 2014.

Mais problemas
Com a candidatura impugnada por conta de irregularidades na inscrição de sua chapa a presidente do Corinthians, Ilmar Schiavenato pode ainda sofrer punições fora do clube. Com dez assinaturas falsas no documento entregue à Comissão Eleitoral, o conselheiro pode ser acionado na Justiça por qualquer uma das dez pessoas que se sinta lesada pela falsificação.

Escondida
O presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, tem evitado aparecer em eventos ligados ao futebol com sua namorada, Cinira Maturana, após a polêmica em relação a participação dela em contratos do clube do Morumbi. Ontem, no evento da Fifa realizado na sede da FPF, Cinira ficou nos bastidores do prédio da entidade enquanto Aidar entrou sozinho no auditório onde ocorreram as apresentações.

Tour

Ontem, na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), a Fifa realizou um evento para falar sobre as iniciativas voltadas ao desenvolvimento do futebol feminino pelo mundo.

A entidade, entretanto, deve ter utilizado uma ferramenta da Internet para traduzir para  português o material apresentado sobre a modalidade.

Quando a diretora de desenvolvimento de futebol feminino da Fifa, Mayi Cruz Blanco, falava dos 23 países em que será exposto o troféu da Copa do Mundo 2015 da modalidade, a palavra “tour” foi traduzida por “gira”.

Faltou alguém avisar a entidade máxima do futebol que a palavra “tour” já está incorporada ao vocabulário dos brasileiros e que a tradução utilizada não era a mais apropriada.

De Letra

“Hoje, os EUA são uma potência, mas já enfrentaram dificuldades como a nossa”

José Maria Marin, presidente da CBF, ao comparar o futebol feminino do Brasil com o americano, que é bi-mundial e tetracampeão olímpico.



  • Esta coluna virou paulista . Boicote já .

  • Nivan Gomes

    Possuo um projeto para o futebol feminino que está sendo utilizado nos US para o desenvolvimento de jovens atletas. Gostaria de apresentar ao responsáveis por esse projeto do governo.

    NIVAN GOMES (PROFISSIONAL DE FUTEBOL) NOVA ESCOLA BRASILEIRA DE FUTEBOL FEMININO.
    São Caetano do Sul / SP

MaisRecentes

Presidente eleito da Federação Mineira vê clubes de BH no mesmo nível de SP e RJ



Continue Lendo

Del Nero promete solução na segunda-feira para transmissão dos jogos da Seleção



Continue Lendo

Presidente da Ferj tira terceira licença em 2017



Continue Lendo