Ministério Público inicia inquérito sobre obra na Arena Corinthians



Obra que remanejou dutos da Petrobras foi realizada antes do início da construção da Arena Corinthians

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) iniciou ontem um procedimento preparatório de inquérito civil para apurar irregularidades na obra que remanejou os dutos da Petrobras que passavem no terreno onde foi construído a Arena Corinthians. Segundo o documento, de autoria do promotor Valter Foleto Santin, a apuração visa detectar “gasto desnecessário, abusivo e excessivo de recursos, além de desvio de recursos da obra e pagamento de propina ou vantagem indevida, em prejuízo ao erário e à sociedade”.

Contra a parede
A iniciativa do MP-SP ocorre um dia após publicação da matéria do “Valor Econômico” sobre a apuração de uso indevido de verba da Petrobras na obra do estádio. O documento emitido pelo MP-SP dá à Petrobras 15 dias para a apresentação de toda a documentação referente à obra na Arena e solicita informações ao Procurador da República em Curitiba para averiguar se há alguma relação com a Operação Lava Jato e envolvimento do doleiro Alberto Youssef.

Tem culpa?
O foco da investigação é sobre as empresas envolvidas nas obras da Arena. Entretanto, o Corinthians ficou responsável pelo remanejamento dos dutos, tendo contratado a empresa Sacs para a realização da obra em conjunto com a Transpetro, subsidiária da Petrobras. A coluna tentou contato com o advogado do Corinthians para a Arena, Dr. Ivandro Sanchez, e com o assessoria do clube, mas não obteve retorno.

Burocracia
Responsável pela construção do estádio e envolvida na Operação Lava Jato, a Odebrecht divulgou um comunicado ontem em que nega a utilização de dinheiro público nas retiradas dos dutos da Petrobras. E cita que o clube tem tido dificuldades de obter os incentivos no valor de R$ 420 mi por “questões burocráticas”.

Competitivo
Fora do Palmeiras há um mês, José Carlos Brunoro se diz feliz pelo rumo que o clube está tomando. “Minha visão é que o Palmeiras tem a maior possibilidade de ser competitivo de forma perene nos próximos anos”, diz ele, ao citar a estrutura do futebol de base e novo estádio como fatores para a nova fase. Brunoro fez questão de lembrar que o clube trabalhou com 45% de seu orçamento nos dois anos em que atuou como diretor-executivo e que agora o Palmeiras tem atuado com 100% dessa verba.

Fora de campo
Brunoro diz ainda que recebeu sondagens nos últimos dias mas não revela quais clubes o procuraram. E que tem aproveitado o tempo fora do futebol para se dedicar a projetos em sua empresa de gestão esportiva, a Brunoro Sport Business.

Estilo NBA
O Bahia aproveitará o amistoso contra o Shakhtar Donetsk, hoje, para apresentar seu elenco para a temporada 2015. Antes do jogo, as luzes da Itaipava Arena Fonte Nova serão apagadas e os atletas terão seus nomes anunciados entrando um por um. Outras ações de entretenimento com a torcida serão realizadas no intervalo envolvendo as arquibancadas e telão. São esperados 20 mil torcedores.

Complô

A grave crise financeira da Portuguesa tem fortalecido um movimento de opositores dentro do clube para instaurar um processo de impeachment contra o presidente Ilídio Lico para tirá-lo do cargo.

À frente do movimento estariam os conselheiros Raul Rodrigues, atual presidente do Conselho de Orientação e Fiscalização da Portuguesa, e Beto Cordeiro, ex-presidente do Conselho Deliberativo do clube paulista.

Entre os objetivos dos opositores estaria a volta de Luis Iaúca, empresário que foi vice-presidente na gestão de Manuel da Lupa e um dos maiores investidores da Portuguesa nos últimos anos. Iaúca teria parado de investir no clube por ser contra a administração de Lico.

Contatado, o presidente da Portuguesa afirmou que não poderia falar pois estava em reunião.

De Letra

“Quero ser presidente e queriam me colocar em cargo da diretoria”

Ilmar Schiavenato, candidato a presidente do Corinthians, explicando o motivo por não ter aceitado a formação de chapa única de oposição na eleição.



MaisRecentes

‘Rainbow Six Pro League’, no Rio de Janeiro, neste fim de semana, terá premiação milionária



Continue Lendo

Superintendente garante que não há obstáculos para construir no campo do Everest



Continue Lendo

Detalhe técnico pode impossibilitar obra no campo do clube Everest



Continue Lendo