Conselheiro que detém participação em jogadores do Corinthians pedirá licença do cargo



Malcom é um dos cinco jogadores do Corinthians que o conselheiro Fernando Garcia detém parte dos direitos econômicos

O empresário Fernando Garcia promete entregar até a próxima semana a carteira de conselheiro vitalício do Corinthians. Ele é sócio da Elenko Sports e tem participação nos direitos econômicos de pelo menos cinco jogadores do elenco profissional do clube, entre eles o meia Petros e o atacante Malcom, o que é proibido pelo Estatuto corintiano. Garcia poderá se licenciar por até 12 meses sem perder a condição de conselheiro. Entretanto, há a possibilidade de uma renúncia definitiva ao cargo nesse período.

Enquadrado
No mês passado, o Conselho Deliberativo do Corinthians abriu uma representação para avaliar o fato de Fernando Garcia deter direitos econômicos de atletas do clube e o caso será analisada pela Comissão de Ética na próxima terça-feira, 13. “Após essa análise, ele deve ser chamado para se explicar e há a possibilidade de ser afastado”, diz Guilherme Strenger, VP do Conselho.

Panos Quentes
Ao entregar sua carteira de conselheiro vitalício do Corinthians, Fernando Garcia põe panos quentes na polêmica de deter direitos econômicos de jogadores que ocorre nos bastidores do clube. Dessa forma, evita que seu irmão, Paulo Garcia, seja prejudicado na eleição a presidente que está marcada para ocorrer no próximo dia 7 de fevereiro.

Nos ares
A companhia aérea que o Corinthians negocia um contrato de patrocínio para sua pré-temporada é a Gol Linhas Aéreas, empresa em que o elenco viajou para os EUA na madrugada de ontem. Se fechar o acordo, a Gol estampará sua marca nas placas ao redor dos gramados de treino do time e backdrops de entrevistas e coletivas de imprensa. Anúncios nas transmissões dos jogos do clube no período também podem entrar no pacote.

Ausente
Presidente do Conselho Deliberativo do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, não foi à reunião em que os novos diretores do clube tomaram posse, na última terça. Ele diz que teve uma reunião no mesmo dia, mas não deu satisfação aos são-paulinos no evento.

Mera formalidade
Segundo o Ministério do Esporte, o pagamento da 2ª parcela referente aos R$ 2,5 milhões do convênio feito entre a pasta e a Confederação Brasileira de Tiro Esportivo (CBTE) estará apto para ser liberado a partir da próxima segunda-feira, 12. Entretanto, a transferência do valor ainda pode demorar algumas semanas por “mera formalidade”. A equipe multidisciplinar de profissionais contratada pelo projeto está há 4 meses sem receber salários.

Erro logístico
Já o presidente da CBTE, Durval Balen, diz que a rescisão do acordo com a equipe multidisciplinar não ocorreu pelo atraso salarial e sim por “um problema de logística”. Segundo ele, o fato dos atletas de tiro esportivo estarem espalhados pelos país e não no RJ, onde está o Centro Nacional da modalidade, inviabilizou a atuação dos profissionais contratados e que esse foi um equívoco na elaboração do convênio entre a entidade e governo.

Premiação

O Sindicato dos Atletas de São Paulo (Sapesp) irá premiar os melhores jogadores do Campeonato Paulista a partir deste ano. O prêmio da competição foi denominado pela entidade de “Chuteira de Ouro”.

Para a escolha dos premiados, a Sapesp adotará os mesmos moldes da Bola de Ouro, prêmio feito pela FifPro para eleger o melhor jogador do futebol mundial. E todos os 28 jogadores inscritos dos 20 clubes do Estadual terão direito a voto.

Além da Primeira Divisão do torneio, a premiação será estendida também para as Séries A2 e A3, além do Campeonato Feminino.

A entrega dos prêmios ocorrerá um dia após a final do torneio no auditório do Museu do Futebol, situado no Estádio do Pacaembu, em São Paulo.

De Letra

“Não tive nenhum interesse em participar dessa reunião”

Carlos Augusto de Barros e Silva, presidente do Conselho Deliberativo do São Paulo, sobre não ter ido à reunião da posse dos novos diretores do clube.



  • Esta coluna virou quase que exclusivamente paulista , lembrando que trata-se de um jornal originariamente carioca .

  • silvinho

    é chará,pra voce entender aonde encontra-se a massa do futebol brasileiro,EM SÃO PAULO!

  • caro silvio, aonde está a grana ??? é no rio ? não, a grana o ibope está todo em sã Paulo, então fica frio e como disse a marta Suplicy – relaxe e goze.

MaisRecentes

CBV visita cidade que pode receber seleções de vôlei nos Jogos de 2020



Continue Lendo

Botafogo deixa a Libertadores com R$ 13,4 milhões pela participação



Continue Lendo

Empresa explica saída do Brasil do Tour da Taça da Copa do Mundo



Continue Lendo