Dissidências aumentam e LRFE não será votada neste ano



Com o aumento das dissidências entre parlamentares da bancada da bola, como Vicente Cândido (PT-SP) e deputados críticos à CBF, sobretudo Romário (PSB-RJ) e Otávio Leite (PSDB-RJ), na reunião que ocorreu nesta quarta-feira, em Brasília, a Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte não será votada neste ano.

Agora, os parlamentares lutam para que o projeto de lei continua na pauta de urgência, para que possa ser retomado nessa estágio avançado na próxima legislatura. O maior problema, segundo interlocutores da Câmara dos Deputados, é o arranjo político que deverá ser construído com as novas lideranças da casa em 2015.



MaisRecentes

Restituição crescente de verba dá ‘gás’ para Ministério do Esporte lutar por orçamento



Continue Lendo

Vadão está de volta à Seleção Brasileira feminina



Continue Lendo

Árbitro da final da Copa do Brasil é cruzeirense. Mas isso não tem a ver com futebol



Continue Lendo