Dissidências aumentam e LRFE não será votada neste ano



Com o aumento das dissidências entre parlamentares da bancada da bola, como Vicente Cândido (PT-SP) e deputados críticos à CBF, sobretudo Romário (PSB-RJ) e Otávio Leite (PSDB-RJ), na reunião que ocorreu nesta quarta-feira, em Brasília, a Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte não será votada neste ano.

Agora, os parlamentares lutam para que o projeto de lei continua na pauta de urgência, para que possa ser retomado nessa estágio avançado na próxima legislatura. O maior problema, segundo interlocutores da Câmara dos Deputados, é o arranjo político que deverá ser construído com as novas lideranças da casa em 2015.



MaisRecentes

Conmebol anunciará veredito do Flamengo na segunda semana de janeiro



Continue Lendo

Presidência da Primeira Liga fica com o América-MG; vice é do Paraná



Continue Lendo

Botafogo recupera certificado de clube formador da CBF



Continue Lendo