Dissidências aumentam e LRFE não será votada neste ano



Com o aumento das dissidências entre parlamentares da bancada da bola, como Vicente Cândido (PT-SP) e deputados críticos à CBF, sobretudo Romário (PSB-RJ) e Otávio Leite (PSDB-RJ), na reunião que ocorreu nesta quarta-feira, em Brasília, a Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte não será votada neste ano.

Agora, os parlamentares lutam para que o projeto de lei continua na pauta de urgência, para que possa ser retomado nessa estágio avançado na próxima legislatura. O maior problema, segundo interlocutores da Câmara dos Deputados, é o arranjo político que deverá ser construído com as novas lideranças da casa em 2015.



MaisRecentes

Final da Libertadores desperta interesse do espectador brasileiro e audiência explode



Continue Lendo

Pedro Abad pode deixar o comando do Fluminense ainda em 2018



Continue Lendo

Contratação de Felipe Melo pelo Flamengo faz parte de ‘presente de Natal’ pedido por Abel Braga



Continue Lendo