Liderança do Governo se mexe para votar LRFE



O líder do governo na Câmara, deputado Henrique Fontana (PT-RS) se reuniu, terça-feira, em Brasília, com cartolas, parlamentares e representantes do Planalto para discutir os aspectos finais da Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte. O apoio de Fontana era cobrado publicamente pelo relator da LRFE, o deputado Otávio Leite (PSDB-RJ). Na reunião, ficou decidido que o projeto de lei será votado na próxima semana, caso o Congresso destrave a pauta do Plenário.

Retoques
O grosso do projeto de refinanciamento já foi decidido pelo grupo, restando poucos pontos a serem negociados com o Ministério da Fazenda, que também mandou representantes à reunião de ontem. Serão 240 parcelas, sob a taxa de juros Selic, e sem período de carência. Ainda se discute a necessidade do pagamento de uma entrada e se há necessidade de um piso do parcelamento. O valor dos juros da mora deve variar entre 30% e 50%.

Contra o tempo
O grupo formado por cartolas, parlamentares e representantes do governo se reencontrará na próxima segunda-feira para redigir o texto final da emenda da LRFE. O objetivo, segundo Fontana, é que a o projeto de lei passe pela Câmara e seja votado no Senado ainda neste ano. Interlocutores dos parlamentares avaliam que a meta é realista, dado o caráter suprapartidário da LRFE.

Sinais
Depois do goleiro Rogério Ceni e do atacante Luis Fabiano treinarem com chuteiras da americana Under Armour, o gerente de futebol tricolor Gustavo Oliveira apareceu na pelada entre a comissão técnica e a imprensa, ontem, no CT da Barra Funda, com os calçados do provável próximo fornecedor de material esportivo do clube do Morumbi.

Mais tempo
O atual escritório do Comitê Organizador (COL) da Copa 2014 fechará no próximo dia 19 como previsto, mas um novo espaço será aberto no Rio de Janeiro para manter as atividades ao longo de 2015. Segundo Ricardo Trade, diretor executivo do COL, o prorrogamento se deve principalmente a impostos que precisam ser pagos, além de questões administrativas do Mundial que faltam resolver. Serão mantidos três profissionais no escritório: um gerente financeiro, um administrativo e um assistente.

Cegonhas
As atividades do escritório do COL no Rio de Janeiro abrangem também os benefícios que a entidade precisa oferecer para três funcionárias que estão em fase de gestação. Segundo Trade, essas são as “grávidas da Copa”.

Tabelas
Segundo Frederico Nantes, gerente de competição e serviços do Comitê Organizador Local (COL), foram elaboradas um total de 73 tabelas para a Copa do Mundo até chegar ao modelo utilizado na Copa 2014. O motivo para o grande número versões feitas foi encontrar a tabela ideal que abrangesse as 12 cidades sedes com os diferentes horários das partidas visando uma maior audiência em todo o mundo.

TORCEDORES

No “Seminário Copa 2014 – Legados para o Brasil” realizado ontem, no estádio do Maracanã, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, não deixou escapar seu lado boleiro.

O evento era para divulgar os legados deixados pelo Mundial de futebol no país. No início de sua fala, ele cumprimentou todos os representantes presentes no painel citando o nome e o cargo de cada um.

Na hora de citar Luis Fernandes, secretário executivo do Ministério do Esporte, Rebelo, que é palmeirense, não segurou a rivalidade clubística.

– E aqui está o Luis Fernandes, atual presidente do Conselho Deliberativo do Vasco – afirmou o ministro do Esporte.
Fernandes havia tomado posse da presidência do Conselho do Vasco na noite anterior, junto ao agora presidente do clube Eurico Miranda.

DE LETRA

“Esta não é a hora mais adequada para pedir emprego de ministro”

Aldo Rebelo, ministro do Esporte, ao ser questionado se conversaria com a presidente Dilma para ficar até os Jogos Rio-2016



MaisRecentes

Del Nero promete solução na segunda-feira para transmissão dos jogos da Seleção



Continue Lendo

Presidente da Ferj tira terceira licença em 2017



Continue Lendo

Vasco convive com atrasos salariais, mas mantém ascensão no Brasileiro



Continue Lendo