Futebol árabe atrai investimento de empresa brasileira



Thiago Neves é um dos clientes da Fatto, que irá investir R$ 3 milhões em escritório em Dubai

Especializada em gestão de carreiras e negociação de jogadores, a brasileira Fatto está investindo R$ 3 milhões na abertura de um escritório em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. A intenção da empresa é aproveitar o potencial do mercado árabe no futebol, principalmente com a Copa de 2022, no Catar. ‘É uma mercado promissor, com atenção cada vez maior para a formação de atletas’, diz Leandro Lima, sócio-diretor da Fatto. Já em 2015, a empresa espera faturar R$ 30 milhões.

Jogada ensaiada
Uma das sócias da Fatto é a empresária Marcella di Biase Neves, mulher do meia Thiago Neves, ex-Fluminense. Hoje, o jogador defende o Al Hilal, da Arábia Saudita, um dos clubes que a Fatto tem negociado parcerias na região, assim como o Al Whada, dos Emirados Árabes Unidos. Para cuidar dessas iniciativas, o novo escritório terá cinco profissionais e será comandado pelo argentino e agente Fifa, Juan Ignacio Pietras.

Realpolitik
Conselheiro de oposição a Carlos Miguel Aidar avalia que o jogo político feito pelo presidente são-paulino com a demissão de Juvenal Juvêncio envolve o Clube da Fé, que tem se aproximado da diretoria atrás de cargos no clube. Com exceção do vereador Marco Aurélio Cunha, um dos líderes do grupo, outros conselheiros estariam à espera para ocupar postos no Morumbi. E que sua tese se concretizará após a decisão das dez vagas de conselheiros vitalícios do clube previstas para dezembro.

Mais próximos
Dentro desse movimento político no Morumbi, quem tem se aproximado de Marco Aurélio Cunha é o VP de marketing e comunicação do São Paulo, Júlio Casares. No ano passado, eles tiveram uma ríspida discussão durante um programa de TV ao vivo por conta da política no clube.

Peneira
O Corinthians abrirá na próxima semana 880 inscrições aos torcedores do clube para terem a oportunidade de treinar e jogar no CT Joaquim Grava, em dezembro. Desse total, 44 participantes serão escolhidos para realizarem um jogo na Arena Corinthians no dia 25 de janeiro. A partida será uma preliminar do amistoso entre o clube e o Corinthian-Casuals, time inglês que deu origem ao nome do time.

Jogo de gravata
Executivos das empresas Natura, Eurofarma, Abril Comunicações e EY (antiga Ernst & Young) entrarão em campo na próxima segunda-feira, 24, no Morumbi, para os jogos finais da 11ª edição do Torneio Gol de Letra, realizado pela Fundação Gol de Letra, do ex-jogador Raí. A iniciativa contou com as 16 empresas que mais investiram em responsabilidade social no ano. A companhia vencedora fará uma partida no final do evento contra um time de ex-jogadores como Cafu, Zetti, Mauro Silva e Vampeta.

Acordo fechado
Bicampeã olímpica pela Seleção Brasileira, a jogadora de vôlei Paula Pequeno, que defende o Brasília Vôlei, passa a usar a tradicional faixa na cabeça com a marca Lupo Sports, sua nova patrocinadora. O contrato vai até junho de 2015.

Quase

Messi talvez passe por sua pior fase no Barcelona, clube que defende desde os 14 anos.

O fato despertou o interesse de outros times em contratá-lo. Chelsea, PSG, Mancheste City e até mesmo o Real Madrid.

Entretanto, por um detalhe a carreira do argentino no futebol não tomou outro rumo.

Ontem, o técnico e manager do Arsenal, Arséne Wenger, afirmou que pediu a contratação de três jogadores da base do Barcelona, em 2002.

Os escolhidos eram o zagueiro Piqué, o meia Fabregas e o atacante Messi, então com 15 anos. Fabregas foi o único contratado e Piqué acabou indo para o Manchester United.

Sobre a não contratação de Messi, a explicação de Wenger foi a mais simples possível.

– Acho que ele não estava interessado em sair de Barcelona – resumiu.

De Letra

“Arrisco dizer que se o Botafogo fosse uma empresa, estaria tecnicamente quebrada”

Carlos Eduardo Pereira, candidato a presidente do Botafogo, sobre a situação atual financeira do clube carioca.



  • “Arrisco dizer que se o botafogo fosse um animal, seria uma formiguinha…

    …Que dó,que dó, que dó.

MaisRecentes

Presidente eleito da Federação Mineira vê clubes de BH no mesmo nível de SP e RJ



Continue Lendo

Del Nero promete solução na segunda-feira para transmissão dos jogos da Seleção



Continue Lendo

Presidente da Ferj tira terceira licença em 2017



Continue Lendo