Diretor do Corinthians, Ronaldo Ximenes manteria Mano Menezes em 2015



Ronaldo Ximenes, diretor de futebol do Corinthians, ao lado de Danilo e Mano Menezes

Ronaldo Ximenes, diretor de futebol do Corinthians, gostaria de renovar o contrato de Mano Menezes. Ao LANCE!Net, o dirigente lembrou os recentes trabalhos de Tite e até mesmo Mano no Timão para justificar a opinião. ‘Se a gestão não acabasse em fevereiro e se o Brasileiro terminasse hoje, eu renovaria. Nos últimos anos, o Corinthians deu exemplo para todo o país ao manter ele e depois o Tite’, explicou Ximenes. A dificuldade de planejar 2015 por conta da eleição presidencial em fevereiro também foi lembrada.

Pagando a dívida
Segundo Lúcio Blanco, gerente de operações da Arena Corinthians, o clube tem repassado à Arena Fundo de Investimento Imobiliário (FII), que controla as finanças do estádio, as receitas líquidas desde os jogos do time no Canindé, em maio. Ao todo, já são R$ 20,9 milhões de renda líquida em 19 partidas só com bilheteria pagos ao FII. Em entrevista a um programa de TV, Andrés Sanchez afirmou que já foram repassados cerca de R$ 30 milhões ao fundo, somando outras receitas como camarotes, eventos e serviços na Arena.

Mais um mês
O prazo previsto pelo Corinthians para deixar a Arena 100% pronta já foi alterado. Antes, a expectativa era que todos os ajustes que ainda faltam – como as instalações de telões e placas de LED nas muretas entre torcida e gramado – estariam prontos em janeiro. Agora, a previsão é que tudo estará pronto em fevereiro.

Pior da história
Com 2,22 gols por partida, a média da edição deste ano do Brasileirão caminha para ser a pior do torneio desde 1990, quando atingiu 1,89 gol por jogo. E a influência das novas arenas na melhora de gols é mínima. Os estádios construídos ou reformados a partir de 2007 têm média de apenas 2,37 gols, enquanto que entre os palcos ‘mais velhos’ é de 2,09 gols.

Mais ameno
Derrotado nas eleições do Vasco mas com uma das vagas entre os 30 conselheiros eleitos do clube, Julio Brant diz na página Cruzada Vascaína que não pretende “fazer oposição por oposição”. Segundo ele, sua chapa entendeu o recado dado pelos sócios no pleito e que o objetivo maior será fiscalizar a nova gestão, discurso bem mais ameno que durante a campanha.

Palco de eventos
Mesmo antes da inauguração do Allianz Parque, a WTorre já havia aumentado sua área comercial por conta da grande procura por eventos na nova arena. Segundo a AEG, parceira da construtora no estádio, a expectativa é que 35 eventos sejam realizados em 2015 apenas no anfiteatro do Allianz Parque, cuja capacidade é para 12 mil pessoas.

Escondido
Advogados que acionam o União Barbarense em ações trabalhistas tiveram dificuldade para encontrar algum bem do clube para ser penhorado em favor dos atletas lesados nos últimos anos. É que a escritura do estádio Antônio Guimarães, onde o clube da 2ª divisão do Paulista manda seus jogos, só foi encontrada em Piracicaba, a 27 km de Santa Bárbara d’Oeste. Com a descoberta, o local entrará como garantia nas ações contra o clube.

Jogo duro

Está difícil para os torcedores do Atlético–MG irem à final da Copa do Brasil contra o Cruzeiro.

Após a vitória por 2 a 0 na primeira partida da decisão, os atleticanos viram o clube rival colocar o preço dos ingressos a R$ 1 mil para a torcida adversária.

Se não bastasse esse imprevisto, a PM de MG diminuiu os lugares destinados ao Galo.

Inicialmente, o Cruzeiro havia disponibilizado 2.736 ingressos aos atleticanos de um total de 60 mil. Mas após vistoria da PM, a capacidade do local destinado ao Atlético foi reduzido para 1.854.

Se não bastasse isso, a PM ainda quer isolar um espaço ainda maior entre as torcidas, o que tiraria mais um espaço do Galo.

A decisão sairá hoje. Caso haja a redução, apenas 923 atleticanos irão comemorar o possível título com o time no Mineirão.

De Letra

“Que bom senso é esse? É mau senso!”

Eurico Miranda, presidente eleito do Vasco, criticando o movimento dos jogadores por ganharem muito e não representarem todos os atletas do país.



  • Nick

    Foraaaaaa Mano Menezes… Queremos Tite Tite Tite!!!!

  • Deus me livre,manda embora ele tambem,dois vermes.

    • Xaves Damon

      Na verdade, são três. Você “se” esqueceu.

    • digo

      Mais um ano com mano menezes não dá !!!

  • Max

    Também manteria o Mano, se Tite fosse técnico o Malcom não teria chance e colocaria o zagueiro Felipe como centro-avante.

    • matheustex

      Concordo plenamente o Tite mandou o Marquinhos embora, para comprar o Guilherme que não rendeu o esperado, e renovou com o Cheic, trouxe Ibson e Maldonado, enquanto querendo ou não, o Mano trouxe Paulinho que rendeu um bom dinheiro para o clube, e querendo ou não o Mano sempre revela caras novas, que auxiliam ao clube a se estruturar melhor, algo que o Tite não faz vive de medalhões para chegar a algum lugar…e com o time que temos estarmos em terceiro…é uma vitória…eu manteria o MANO.

  • O CAVERNOSO

    É preferível o MANO, pois o TITE apesar dos títulos causou prejuízos ao clube ao trazer perebas em fim de carreira e que nada acrescentaram, além de não dar oportunidades à base e a alguns contratados, realmente esqueçam o TITE será um favor ou o MANO o vão ao mercado.

MaisRecentes

‘Momento é delicado e precisamos reorganizar o esporte’, avalia João Derly



Continue Lendo

Novo presidente do COB tem reunião à vista com ministro do Esporte



Continue Lendo

Aposta de advogados é ‘condenação formal’ para Marin. Julgamento é aguardado por Del Nero



Continue Lendo