Fluminense cogita ter novas marcas de patrocínio em sua camisa em 2015



Unimed tem exposição exclusiva na camisa do Fluminense desde o início da parceria, em 1999

Após 15 anos de parceria com a Unimed, o Fluminense poderá ter outra marca de patrocínio em sua camisa na próxima temporada. A iniciativa seria uma maneira do clube amenizar a queda no valor investido pela empresa em 2015, que será menor que os R$ 30 milhões deste ano. ‘Estamos conversando sobre essa possibilidade’, comentou Peter Siemsen, presidente do clube. Desde o início da parceria, em 1999, a única marca que esteve ao lado da Unimed na camisa tricolor foi a do fornecedor de material esportivo.

Confiança
Em face das especulações quanto ao novo fornecedor de material esportivo do São Paulo, clube e Penalty assinaram cláusulas de confidencialidade que proíbem comentários sobre o contrato por ambas as partes. No entanto, o presidente Carlos Miguel Aidar afirmou em entrevista para um canal de TV que fechou um acordo ‘expressivo’ de patrocínio, sem revelar mais detalhes.

Nada definido
O Corinthians ainda não chegou a um acordo de renovação de patrocínio com a Caixa. O diretor de marketing, Izael Sinem, se reuniu ontem com representantes do banco, em Brasília, mas sem sucesso. A expectativa do clube é que uma definição ocorra ainda este mês. O contrato atual, de R$ 30 milhões, se encerra no final de janeiro de 2015.

Enquadrado
O ex-capitão Alessandro foi à pré-estreia do filme oficial da Libertadores-2012. Antes de entrar na sala do cinema, o atual coordenador de futebol do Corinthians foi enquadrado por três torcedores, que se dizem revoltados com as reações de Elias após os jogos contra Vitória e Coritiba, quando discutiu com um deles, chamando-o posteriormente de ‘otário’. Alessandro ouviu dos indivíduos que Elias será perseguido até que se retrate sobre o caso.

Não deu bola
O presidente e candidato Paulo Nobre ignorou o pedido da chapa de seu rival Wlademir Pescarmona para que parasse de usar o CT da Barra Funda para  encontros de campanha com sócios do clube. A carta foi enviada na terça-feira, 4. Além de não responder à oposição, Nobre voltou a usar a Academia para esse fim na semana passada.

Sem buracos
A Federação Baiana de Futebol (FBF) estipulou o dia 10 de janeiro como prazo para os times que disputarão o estadual deixarem os gramados de seus estádios em boas condições para o torneio. Caso contrário, os locais das partidas serão alterados. O presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues, tem exigido a melhora nos palcos pessoalmente junto a presidentes de clubes e prefeitos das cidades baianas. O campeonato começa dia 1 de fevereiro.

Más condições
A grande preocupação da FBF é o estádio Jóia da Princesa, em Feira de Santana. O prefeito da cidade, José Ronaldo, revelou ao presidente da entidade que uma reforma será feita no local priorizando o gramado e os vestiários do estádio. E que após o estadual de 2015, uma obra ainda maior envolverá cabines de imprensa, troca de todo o gramado e reformas internas.

Vitalícios

O São Paulo passa por um processo curioso. De seus 160 conselheiros vitalícios, 10 faleceram nos últimos anos e o estatuto do clube prevê que estas vagas sejam preenchidas.

Agora, o presidente Carlos Miguel Aidar espera indicações dos sete ‘partidos’ tricolores para escolher os números.

Segundo conselheiros, Aidar está conversando tanto com situação quanto com a oposição.

Comportamento diferente de seu antecessor. Juvenal Juvêncio era conhecido por não ouvir seus opositores e ainda indicar ao menos três nomes de sua preferência.

Apesar de estar mais aberto ao diálogo, o atual presidente também não deve largar mão de indicar alguns vitalícios de seu agrado.

Segundo aliados, essa é uma maneira de Aidar mostrar influência dentro do clube.
De Letra

“Cabe a nós fazermos um trabalho de reestruturação”

Peter Siemsen, presidente do Fluminense, sobre a queda nos valores investidos no clube pela Unimed no próximo ano.



MaisRecentes

Um Tite x Carille ajudará famílias das vítimas do acidente da Chapecoense



Continue Lendo

Na situação, também há simpatia por união geral e candidato único no Flamengo



Continue Lendo

Grêmio tem reunião nesta sexta na Conmebol: arbitragem em pauta



Continue Lendo