Pré-temporada do Corinthians será no exterior



O Corinthians realizará ao menos dois dos quatro jogos previstos em sua pré-temporada para 2015 no exterior, mas os locais e times ainda estão sendo definidos pelo clube. A intenção do departamento de marketing é aproveitar a iniciativa para comercializar um patrocínio especificamente para o período de preparação. No caso, a exposição da marca patrocinadora abrangeria logo no uniforme, placas em jogos e treinos, backdrops e até um pacote de mídia com o canal de TV que transmitirá as partidas.

Vagas abertas
Após quase cinco meses, o Corinthians finalmente poderá utilizar as cerca de três mil vagas de estacionamento de sua Arena. A expectativa da diretoria corintiana é usar o espaço já no próximo jogo do time no estádio, marcado para o dia 2 de novembro, contra o Coritiba.

Plano de venda
As vagas no estádio corintiano estão divididas em três áreas. Em uma delas, na parte externa, são 1200 vagas cuja ideia é comercializar através de um sistema de pré-venda para evitar filas nos dias de jogos. Outra iniciativa estudada é a venda de vagas para toda a temporada. Já as duas áreas internas estão ligadas aos camarotes, e o clube aposta que sua utilização irá ajudar na venda dos espaços VIPs. A diretoria deve divulgar o modelo de operação do estacionamento na próxima semana.

Oficial
Os membros da Terceira Via Santista, que contam com mais de 1200 sócios do clube da Vila Belmiro, decidirão a formulação de sua chapa no próximo dia 18. É ponto pacífico que o candidato será Orlando Rollo, mas ainda é discutido se o grupo de oposição fará alianças ou se irá concorrer sozinho. O pré-candidato Rollo julga que a Terceira Via tem corpo para entrar sozinha no pleito que ocorrerá em dezembro.

Patamar
O marketing do São Paulo ainda negocia o patrocínio da camisa a partir de um modelo de quatro cotas rotativas, mas a iniciativa não teve sucesso apesar da prioridade do tema no clube. O vice de comunicação e marketing, Júlio Casares, diz que há muitas propostas de parcerias pontuais ou para alguns jogos, mas que o clube irá esperar por um negócio de maior peso, mesmo com o cenário adverso para o patrocínio esportivo após a Copa.

Profissional
O departamento de marketing tricolor passa por uma reformulação após o então gerente Gilberto Ratto sair do clube para trabalhar na CBF. Casares descartou demissões mas diz que é necessário profissionalizar o departamento de Marketing. O substituto de Ratto será um nome de peso do mercado publicitário, afirma Casares.

Em Brasília
O deputado Vicente Candido será o responsável por apresentar a emenda que irá incluir o que foi negociado entre clubes, Bom Senso e CBF, no texto da Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte. O parlamentar espera por uma sinalização das partes para fechar o texto. O último ponto de embate é o teto de gastos até 70% das receitas com futebol, que é rejeitada pelos clubes.

É Tóis

Companheiros de Barcelona, Neymar e Messi estarão frente a frente no jogo de hoje entre Brasil e Argentina, que será disputado na China.

E o jornal espanhol “Mundo Desportivo” aproveitou a partida para abordar a relação atual entre os craques.

O texto fala da difícil relação entre eles na temporada 2013-2014. Ano de estreia e negociação polêmica, por parte do brasileiro, e problemas com o Fisco espanhol e lesões, pelo lado do argentino, foram os motivos citados pela publicação para explicar a inimizade inicial.

Entretanto, o periódico diz que tudo mudou a partir da Copa, quando Neymar foi extremamente atencioso com Messi e sua família no Brasil.

E que esse fato foi crucial para o argentino incluir o brasileiro em seu restrito círculo de amizades.

De Letra

“Trabalho diariamente para acalmar os ânimos”

Júlio Casares, vice-presidente de comunicação e marketing do São Paulo, sobre as brigas políticas no clube do Morumbi.



  • alexandre

    SPFC continua com Julio Casares no Marketing É O TIME DA PIADA PRONTA !

MaisRecentes

Orçamento de 2018 está sob análise dos conselhos do Flamengo



Continue Lendo

Placar das finanças: Corinthians batalha para fechar 2017 perto do ‘0 a 0’



Continue Lendo

Curso de treinador sem chancela de Conmebol e Fifa liga sinal de alerta



Continue Lendo