Belluzzo não aceitaria atual contrato de TV do Palmeiras ‘nem morto’



Para Luiz Gonzaga Belluzzo, Palmeiras não pode se contentar com segundo escalão de receitas de TV

Vice na chapa de Wlademir Pescarmona nas eleições do Palmeiras, Luiz Gonzaga Belluzzo pretende brigar por melhores receitas de TV caso esteja na gestão do clube em 2015. Segundo ele, “nem morto aceitaria o atual contrato”, que tem o Palmeiras no segundo escalão de times em valores recebidos. Em 2013, o clube recebeu R$ 76,3 milhões, 3 maior verba do futebol brasileiro. O rival Corinthians, por exemplo, obteve R$ 102,5 milhões.

Presidente do Palmeiras em 2009 e 2010, Belluzzo encerrou sua gestão sob críticas por ter deixado o clube em crise financeira. Entretanto, ele não acredita que esse fato irá influenciar na eleição de novembro. Segundo Belluzzo, atualmente “oito entre dez sócios do Palmeiras” apoiam sua volta ao clube.

APOIO DE PESO

O ministro Aldo Rebelo apoiará a Pescarmona nas eleições do Palmeiras e terá uma vaga no comitê de gestão caso o candidato seja eleito. Entretanto, sua participação na política do clube não é novidade. Em 2012, Aldo fez campanha pela mudança do estatuto do Palmeiras para que os sócios tivessem voto direto nas eleições. Na ocasião, postou um vídeo nas redes sociais pedindo “democratização” no clube.



MaisRecentes

Zagueiro Felipe Santana, ex-Atlético-MG, pode ir para o futebol alemão



Continue Lendo

Investimento milionário na Granja Comary incomoda dirigentes de clubes da Série A



Continue Lendo

Cargos de vice-presidentes têm gerado desconforto entre grupos políticos no Vasco



Continue Lendo