Juvenal faz mistério sobre ida ao Conselho e não quer boicote à reforma do Morumbi



O ex-presidente do São Paulo não nega e nem confirma que irá na próxima reunião do Conselho do clube

Com a reforma do estádio do Morumbi fora da pauta da próxima reunião do Conselho Deliberativo, a expectativa maior recai sobre a presença de Juvenal Juvêncio no plenário. Segundo o conselheiro José Francisco Manssur, braço direito de Juvêncio em sua gestão, o ex-presidente não confirmou nem negou que irá à reunião do próximo dia 13.

Manssur ainda afirmou à De Prima que o grupo de conselheiros simpáticos a Juvenal Juvêncio não tem a intenção e nem foram instruídos a boicotar uma eventual votação do projeto de reforma do estádio do Morumbi.

– Sempre falei que lugar de conselheiro é no plenário, votando mesmo quando discorda. Quem não quer a reforma do Morumbi? Todo são-paulino sabe que precisamos modernizar nosso estádio – disse o conselheiro à De Prima.

O amigo e aliado de Juvenal Juvêncio explica que o grupo não poderia fazer aquilo que tanto criticou, se referindo ao boicote feito pela oposição durante a eleição presidencial no São Paulo, em abril deste ano. Na ocasião, havia a pretensão de colocar a reforma do Morumbi em votação no mesmo dia das eleições, já que é necessário um quórum de 75% para que o projeto entre em pauta. Como a oposição não concordava com o projeto apresentado por Juvenal Juvêncio e via poucas chances de ganhar a presidência, decidiram por não entrar no plenário do Conselho para votar.



MaisRecentes

Detalhe técnico pode impossibilitar obra no campo do clube Everest



Continue Lendo

Mesmo debilitado, Eurico Miranda mostra sua força na política do Vasco



Continue Lendo

Apesar de decisão da Justiça, clubes apoiam Caboclo na CBF



Continue Lendo