Chapas do Botafogo barram contratos



As chapas políticas do Botafogo não querem que a gestão do presidente Maurício Assumpção feche mais contratos com empresas até o fim de seu mandato.

As chapas que vão disputar a próxima eleição do Botafogo decidiram na segunda-feira que não vão reconhecer nenhum novo contrato assinado pela direção do clube que implique gastos ou antecipação de receita. A medida vale para os documentos assinados desde 23 de setembro, terça-feira. A comissão que reúne as chapas vão emitir um comunicado até amanhã com a decisão. O objetivo é alertar empresas a não assinarem com o clube na reta final do mandato do presidente Maurício Assumpção.

Investigação
Cansado de esperar que o presidente do Santos, Odílio Rodrigues, atenda a seu pedido por mais informações sobre a venda de Neymar ao Barcelona, o pré-candidato Orlando Rollo viajou para a capital da Catalunha para buscar mais informações. Ontem, se reuniu com Marc Duch, presidente do grupo de oposição à atual gestão do clube. Rollo diz que Duch forneceu documentos reveladores sobre o negócio milionário que serão úteis no Brasil.

Bastilha
A Federação Nacional dos Atletas (Fenapaf) nunca teve uma boa convivência com o Bom Senso, que não vê seus interesses representados pelo sindicato. Mas o clima piorou depois que alguns líderes do Bom Senso foram pessoalmente ao presidente da Fenapaf, Rinaldo Martorelli, pedir uma cópia do estatuto da federação e ouviram um não. A Fenapaf não divulga seu estatuto pela internet.

Tartaruga
A Minas Arena, gestora do gestão do Mineirão, ainda contabiliza a depredação ao estádio no clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG, no último domingo, quando torcedores se enfrentaram nas arquibancadas. A Minas Arena, até o momento, contou cerca de 100 cadeiras destruídas pelas torcidas. O balanço final sai nos próximos dias.

Não perturbe
Alguns dos assuntos mais importantes do Corinthians, o fechamento de contratos para o estádio e as articulações para a próxima eleição estão parados desde julho. O motivo é a campanha de Andrés Sánchez à presidência. Enquanto o caudilho alvinegro não definir seu futuro, ninguém se mexe por medo de se indispor com ele. Só que as contas do estádio não esperam. A cada dia sem receita de camarote, naming rights o buraco aumenta.

Estilo Dunga
Depois que assumiu o cargo de técnico da Seleção Brasileira, Dunga reduziu o número de seus interlocutores. Alguns a quem o treinador até procurava com frequência foram deixados de lado. Essas pessoas, em tom de mágoa, que o treinador anda desconfiando de todos e de tudo, ao contrário da imagem tranquila que mostra na TV.

Apito
A CBF aguarda para os próximos dias os critérios da Fifa para definir o seu quadro de árbitros internacionais para 2015. Entre os critérios estão idade e desempenho técnico e físico. Com o documento, uma comissão de 45 membros de todo o Brasil irá indicar os nomes. Haverá de duas a quatro trocas. Estão abertas as vagas dos paulistas Paulo César de Oliveira e Wilson Seneme.

FAZENDO ÁGUA

 

Mesmo com o apoio de Mustafá Contursi, cacique político do Palmeiras, Paulo Nobre vê seu rival Wlademir Pescarmona crescer.

 

A popularidade do presidente Paulo Nobre, ainda o favorito na próxima eleição do Palmeiras, está derretendo diante dos vexames no futebol e do desequilíbrio nas finanças.

Nobre é criticado por comandar mal, não aceitar críticas e não dar satisfação aos associados.

O grupo Muda Palmeiras, de oposição, diz que tem uma pesquisa que atesta crescimento das chances de Wlademir Pescarmona, seu candidato.

Conselheiros de vários grupos pressionam Mustafá Contursi a sair candidato.O caudilho resiste, porque está tranquilo no comando do sindicato nacional de clubes.

E até ele está insatisfeito. Só apoia Nobre por não ver outra opção. A eleição acontecerá junto com a penúltima rodada do Brasileiro.



MaisRecentes

Final da Libertadores desperta interesse do espectador brasileiro e audiência explode



Continue Lendo

Pedro Abad pode deixar o comando do Fluminense ainda em 2018



Continue Lendo

Contratação de Felipe Melo pelo Flamengo faz parte de ‘presente de Natal’ pedido por Abel Braga



Continue Lendo