Arena Corinthians não vendeu CIDs



Inauguração da Arena Corinthians (Foto: Eduardo Viana/LANCE!Press)

(Foto: Eduardo Viana/LANCE!Press)

O Corinthians está com todos os CIDs parados na Prefeitura de São Paulo. As regras de sua emissão apontam que elas só poderão ser comercializadas quanto todos, no valor total de R$ 420 milhões, forem emitidos. Até semanas atrás, R$ 350 milhões haviam sido publicadas. Mas o Tribunal de Contas determinou a reemissão de R$ 140 milhões e deu sinal verde. Há mais de um mês a Prefeitura precisa emitir os R$ 210 milhões restantes e não o faz. Corinthians e Odebrecht buscam explicações, sem sucesso.

Tomando partido
Na guerra política entre Carlos Miguel Aidar e Juvenal Juvêncio no São Paulo, uma parte de dirigentes da situação já se colocam junto ao novo bloco político misto que deve surgir nos próximos dias. Entre os dirigentes, destacam-se Júlio Casares, VP de Marketing, Antônio Donizeti, VP da Social e Leonardo Serafim, diretor jurídico do clube. Ataíde Gil Guerreiro, VP de Futebol, também deve apoiar Aidar, responsável por sua volta ao clube.

Alívio
O São Paulo tentou fazer duas operações nas últimas semanas para conseguir aliviar seu caixa. Buscou um empréstimo bancário de R$ 20 milhões e tentou antecipar R$ 25 milhões das receitas de TV da Globo. Ouviu duas negativas. Os bancos estão mais reticentes em emprestar aos clubes e a Globo diz que o Tricolor já antecipou o que podia em 2013.

Afago inimigo
Um contingente de conselheiros do Flamengo, inclusive um grupo de desafetos históricos seus, prepara-se para defender o colega Leonardo Ribeiro no Conselho. Ribeiro está suspenso e corre o risco de receber uma segunda punição. Nesse caso, poderia ser expulso do clube. Esse grupo considera a medida exagerada, ainda que muitos não suportem Leonardo Ribeiro.

Planejamento
Alexandre Wrobel, vice de Futebol do Flamengo, iniciou o planejamento para o ano que vem – quando o clube terá pela primeira vez alguma folga de caixa para contratar. Pessoas próximas ao dirigente dizem que Wrobel não demonstra desejo de deixar o clube, pelos problemas recentes envolvendo a política de preço dos ingressos. Pensando na pauta de 2015, o dirigente já busca formas de montar o elenco do rubro-negro carioca.

Novidades
A Comissão de Inquérito do Santos deve atrasar em alguns dias a entrega da investigação sobre a atuação da CSU no cadastro de sócios. O presidente Odílio Rodrigues deveria receber o documento dia 20, mas informações importantes foram apuradas nesta semana e o dirigente só terá acesso à sindicância no fim do mês.

Garantia
O vice de Futebol do Internacional Marcelo Medeiros diz que o técnico Abel Braga ficará no clube, no mínimo, até o fim do ano. Medeiros é o provável candidato da situação à presidência, na eleição de dezembro. Braga passa por momento de turbulência, em razão das eliminações na Sul-Americana e Copa do Brasil e de maus resultados no Brasileirão, apesar de estar no G-4.

CONFUSÃO

Torcida do Coritiba leva banner para o Couto Pereira e juiz atrasa o início da partida contra a Chapecoense (Foto: Lucas Pedrosa)

(Foto: Reprodução/Internet)

A torcida do Coxa ainda não engoliu a arbitragem da partida contra o Flamengo.

O árbitro Wagner Renay marcou dois pênaltis para o rubro-negro e o Coritiba foi eliminado da Copa do Brasil.

E deram o troco. Na partida contra o Chapecoense, exibiram uma faixa com a foto de Renay usando a camisa do Flamengo. “Pênalti para nós”, dizia o banner.

O furor causado pela manifestação foi tanta que as equipes demoraram a entrar em campo.

E o juiz da partida, Devarly Lira do Rosário, teve que relatar na súmula o atraso e o que motivou a confusão

Mas fez uma lambança no documento. Disse que eram “vestes rubro-negras”, com o símbolo da CBF.

A foto mostra com clareza o símbolo CRF – Clube de Regatas Flamengo.

DE LETRA

“O árbitro não o puniu. Ele teve que ver na TV para avaliar.”

João Zanforlin, advogado do Corinthians no caso Petros, sobre decisão do STJD, que diminuiu a pena de seis meses para três partidas.



MaisRecentes

‘Rainbow Six Pro League’, no Rio de Janeiro, neste fim de semana, terá premiação milionária



Continue Lendo

Superintendente garante que não há obstáculos para construir no campo do Everest



Continue Lendo

Detalhe técnico pode impossibilitar obra no campo do clube Everest



Continue Lendo