Gobbi sofre fritura no Corinthians



O presidentre do Corinthians, Mario Gobbi pode ser alvo de sabatina no Conselho

Conselheiros do Corinthians podem pedir uma reunião extraordinária do Conselho para analisar a gestão de Mario Gobbi se o time perder os pontos por ter usado o volante Petros. O déficit de R$ 40 milhões, a dívida de mais de 1 R$ bilhão, negócios desastrados como a compra de Pato, a venda de Cléber e a renovação com Sheik fazem o presidente já ser considerado por muitos pior que o ex-presidente Alberto Dualib. A possibilidade de impeachment, que tinha sumido desde o começo do ano, está ressurgindo.

COMENTÁRIO DO EDITOR

 

Terceira 
No São Paulo, conselheiros de situação e de oposição confirmam que um novo grupo político está se organizando nos bastidores. A ideia é criar um bloco de “centro”, com parte da chapa amarela, de situação, e da vermelha, de oposição. Ainda não há um nome forte à frente do grupo, mas conselheiros já chamam a terceira via de “chapa laranja” – mas o nome é provisório. 

Rolo compressor
O presidente Paulo Nobre está concentrando nos conselheiros palmeirenses mais renomados sua estratégia para conseguir apoios para sua candidatura à reeleição – o pleito deverá acontecer em novembro. Seu objetivo é deixar as chapas rivais apenas com nomes que despertem bastante rejeição – como Salvador Hugo Palaia – ou que não tenham tradição no clube.

Novo caminho
Presidente do Coritiba e da comissão de clubes da CBF, Vilson Ribeiro de Andrade vêm conversando com dirigentes sobre a necessidade de se trabalhar melhor e apostar nas receitas de PPV. Na visão de alguns cartolas, como Alexandre Kalil, do Atlético-MG, o pay-per-view é a melhor forma de minimizar o crescente abismo na distribuição das receitas de TV aberta, que favorece Corinthians e Flamengo desde 2011. 

Reforma
O pré-candidato pela oposição a presidente do Santos, Modesto Roma, pretende propor uma reforma do estatuto caso seja eleito. Quer trocar o Comitê Gestor por um Conselho de Administração e dar mais poder e autonomia aos executivos do clube do que eles têm atualmente. Mas, como fez a atual gestão, os executivos poderão sair do próprio quadro de sócios.

Nilmar
O Internacional ainda não desistiu de Nilmar, que deixou o Qatar no fim de julho. Antes de fazer a proposta o clube quer saber do agente do atleta, Orlando da Hora, se Nilmar rompeu contrato antes do fim da janela de contratações, o que permitiria que ele assinasse contrato. Da Hora está fora do Brasil e só volta na semana que vem.

Esperança
Embora tenha sido condenado pelo STJD com a expulsão da Copa do Brasil, o departamento de marketing do Grêmio não teme que os recentes casos de racismo de torcedores seus possam afetar a imagem do clube, afastando possíveis novos patrocinadores. Beto Carvalho, diretor de Marketing do clube, afirma que fatos isolados não devem ser levados em consideração, mesmo com a reincidência de atitudes racistas no caso Aranha.

ESTRELA PISCA-PISCA

 

O empresário Durcésio Mello não decide seu futuro no Botafogo

O empresário Durcésio Mello nem estreou na política do Botafogo e já se tornou uma figura popular, quase folclórica.

A razão é sua indecisão sobre o papel que quer ter na política do clube.

Mello foi convencido a entrar na disputa pelo ex-presidente Carlos Augusto Montenegro, o maior cacique alvinegro – tem ascendência sobre quase todos os presidentes. 

Depois de aceitar a sugestão de Montenegro para disputar, Mello, após a Copa, desistiu – pressionado pela família e pela situação do clube.

Uma semana depois desistiu da desistência e tentou ser candidato com o apoio da oposição. Não conseguiu.

Agora decidiu concorrer em chapa separado. Mas quer ser o vice.

E procura um candidato a presidente, que aceite a sombra dele

E de Montenegro, claro.

DE LETRA

“O Grêmio ficará feliz se acabarmos com a discriminação racial no Brasil com esta decisão”

Fábio Koff, presidente do Grêmio, contrariado com a expulsão do Grêmio da Copa do Brasil, decidida pelo STJD.



  • A sorte do Gobby é que a globo, o governo, a cbf, não vão deixar acontecer isso, se não tinha que ser expulso da presidencia.

    • Piui

      É exatamente o que eu dizer, se fosse a Portuguesa, cairia, mas…

    • Julio

      Oh pedestal, vc viaja né? O Todo Poderoso é o time mais prejudicado do Brasil! E já faz tempo! O pior cego é aquele que não quer ver…Mas me diga, no que a globo nos ajuda? Transmitindo jogos? Ela paga por isso, e paga caro, porque somos os maiores! No que a CBF nos ajuda? Com esse monte de erro de arbitragem? No que o governo nos ajuda? Não cobrando dívidas? Com 1 bilhão do estádio? camarada, responda!

      • rogerio

        mais prejudicado? PARA quem mais ganhou titulos com “erros” de arbitragem? Enxerga cara, seja realista. Está acabando o apadrinhamento e se forem cobrar a conta do dinheiro público ai quebra de vez. Cai na real.

        • valdemir

          Corinthians é sim, de longe, o mais prejudicado na arbitragem, a diferença é que quando os abutres erram ninguém comenta, mas quando é a favor do Corinthians, ai sai até no New York Times. Dá a falsíssima impressão que o Corinthians é ajudado pela arbitragem.

      • Alan

        Na Inglaterra,Alemanha,Italia o dinheiro da televisão vai de acordo com a posição do time na tabela, no Brasil Corinthians e Flamengo recebem mais da globo e band, mesmo fazendo campanhas pifeas esta ai a ajuda da globo. Como o governo ajudou? Construindo um estadio pro Corinthians que não tinha capacidade de construir o seu, e a cbf ja ajudou demais o Corinthians e aposto que não vai punir o Corinthians no caso petros e vai punir o América MG pelo mesmo motivo!

      • Mateus

        para com esse clubismo cara, todos sabemos que o Corinthians tem previlegios, Globo, governo, tds ajudam, concordo plenamente, se não fosse tudo isso, o Corinthian perderia os pontos, mas como tem muita coisa por tras, mas uma vez vão ser ajudados –‘
        se fosse a portuguesa cairia mas….. 2

      • Comentarista

        Quarta força de São Paulo. O Corinthians não é o maior nem no próprio estado.

        • PEDRO EDUARDO DE ANDRADE

          É o maior disparado NÃO SABE NADA INOCENTE…

  • ederson

    sera? tenho certeza que aquele paulo schmith é palmeirense ele num pode ver o nome do corinthians que ja que ferrar o timao, ja vi muitos casos ate de cadeia no futebol e nada aconteceu mas com o timao tudo é diferente

    • Será senhor Ederson , ferrou o Palmeiras varias vezes , é que todo corintiano estão acostumados com mutretas daí pode ser que venham tomar uma punição já estão dizendo que são coitados !!

    • rodrigo

      Inclusive quando a sua torcida matou um torcedor na arquibancada? o que é pior matar ou racismo???

      • Marco Antonio

        O comentário desse Rodrigo é o mais desqualificado de todos. Quando um torcedor corinthiano matou um torcedor boliviano NA BOLÍVIA, foi em um jogo válido pela Taça Libertadores da América. Quem organiza a competição é a Federação Sul-Americana ( CONMEBOL). O que o STJD tinha a ver com isso? Condenaria o Corinthians a que, se o incidente fatal não ocorreu em nenhum torneio ocorrido no Brasil, logo, sob sua jurisdição? Isso é como dizer que a Suprema Corte Americana é vergonhosa porque não puniu todos aqueles estupros ocorridos em Dubai e na Índia.

      • Iibitinga

        é cara pálida, a tua torcida nunca matou ninguem nè?

  • dinho rolim

    Agora q perceberam q esse mario gobbi ta fodendo o corinthians??!!!!

  • heraldo

    A IRREGULARIDADE DA INSCRIÇÃO DO PETROS, VAI DEIXAR UMA PORTA ABERTA PARA O TAPETÃO NO FINAL DO CAMPEONATO, NINGUEM VAI QUERER CAIR (VAI ….FLU!!!!!!!!)

  • Um time globalizado, federalizado, não vai sofrer sansões, esse é o futebol, isso tem que ser moralizado, não excluir o Gremio que ja estava excluido

    • Decisão extremamente burra a da CBF. Não precisa excluir o Gremio, pois com certeza no jogo de volta o Santos iria sacramentar a liquidação. Então, que o punisse, que nos próximos 20 jogos oficiais promovidos pela CBF, o Gremio teria que jogar com estádios fechados, da mesma forma que fez com o Atletico Paranaense….

  • José Pedro

    O futebol está muito chato. A verdade é que o futebol brasileiro está não só em decadência como também entrando em um buraco que não vai sair tão fácil.

  • Sérgio

    Alguém se lembra aí, o ano 2005? o campeonato brasileiro de 2005?

    • Silvia

      Eu me lembro sim, o Inter perdeu para o Paraná por 3×0 na última partida e o Goiás ganhou do Corinthians com um gol escandalosamente impedido. Quer mais seu bobinho?

      • Sérgio

        Alguém se lembra aí, o ano 2008? o campeonato brasileiro de 2008?

      • Sérgio

        Sim, lembro-me bem disso; mas de acordo com a matéria, leia novamente e veja que esse campeonato teve onze partidas anuladas pelo escândalo da arbitragem; beneficiou o time do atual presidente que está sendo citado; é um time forte nos bastidores. É a isso que me refiro; leia a matéria novamente e se não entender, peça a alguém que desenhe pra vc.

        • Me diga qual titulo do Cornintians foi licito, todos sempre tem uma mão grande por tras.

          • Tem + esse Gobby alem de Cornintiano é um bebado, Gobby canabrava

  • lubavaz

    E os anti… continuam pirando…

  • Durval José Carrara

    Acho leviano o editor questionar a legitimidade do balanço. Não precisa ser chefe de editoria para saber que os 40 milhões do Pato, as reformas de contratos fora da realidade do futebol, além de outras bobagens administrativas, provocaram o déficit, e o afastamento do grupo do Andrés com relação ao Gobbi. Colocar na mesma cesta a dívida do estádio, é no mínimo má fé de jornalista querendo causar sensacionalismo. Uma conta simples: 1.160 milhões da dívida total, menos o incentivo da PMSP, considerando um deságio de 10% a 15% do valor de face, daria um total de 800 milhões. Bilheteria, cativas, camarotes, restaurantes, estacionamento, garantiriam o pagamento da dívida. O name rights ajudaria muito. Faça as contas: bilheteria, renderia por baixo 60 milhões líquido (média líquida do morumbi antes da briga com o Andrés). Cativas e camarotes, 20 milhões, restaurantes, estacionamento, publicidade, mais 5 milhões. Estes números conservadores, já dariam para pagar a dívida mais os juros (800milhões/180meses=55 milhões ano). Os números que o Andrés apresentou referem-se a uma perspectiva de pagar o estádio em 7 anos, mas, o compromisso é para 15 anos. Mais informação e menos má fé nos comentários Lance!!!!

MaisRecentes

Federação dos Treinadores faz reunião com participação de diretor da CBF



Continue Lendo

Clubes do Rio e organizadas: STJD discutirá se tem ‘poder’ para analisar casos



Continue Lendo

Novo auxiliar do Palmeiras: Apoio de Dunga e passado com Roger



Continue Lendo