Del Nero vai enxugar ‘super salários’ da CBF



Del Nero vai cortar salários da CBF que chegam a R$ 130 mil por mês

O futuro presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, deve acabar com ao menos grande parte dos mega-salários da entidade quando assumir o cargo, em abril. As mudanças, aliás, já começaram. Os diretores que estão substituindo os recém-demitidos possuem salários bem menores do que os antecessores – em muitos casos, passavam de R$ 130 mil/mês. Na FPF, sob sua gestão, a política salarial é austera – em 2013 gastou R$ 11 milhões em salários – o que até gera insatisfação de alguns funcionários.

OSSOS DO OFÍCIO

Vilson Ribeiro de Andrade, presidente do Coritiba, está cansado de ser a "cara" da CBF.

Vilson Ribeiro de Andrade, presidente do Coritiba, está cansado de ser a “cara” da CBF.

 

 

 

 

 

 

 

 

 
Vilson Ribeiro de Andrade, presidente do Coritiba desde 2012, esteve nos holofotes em 2013 por ter assumido a liderança da Comissão de Clubes em Brasília.

No início do ano, conseguiu articular interesses da CBF e dos clubes na Comissão do Esporte para que emendas ‘ruins’ para a entidade fossem retiradas da LFRE.

De presente, foi o coordenador da Seleção Brasileira na Copa, cargo que já foi de Andrés Sanchez.

Ao mesmo tempo, virou a ‘cara’ da CBF e dos clubes para os torcedores. E é cobrado por isso diariamente.

Agora, pessoas próximas à Vilson dizem que o dirigente não aguenta mais ser o ‘saco de porrada’ da CBF e dos clubes.

Sobretudo neste momento em que não há simpatia a CBF após o 7 a 1.

Novos ares
O novo vice de futebol do Flamengo, Alexandre Wrobel, descartou demitir o diretor-executivo Felipe Ximenes, que há muito tempo vem sendo questionado. Wrobel, que assumiu o cargo na última semana, diz que Ximenes, há três meses no clube, sabe do apoio da diretoria. Fluminense, Ximenes foi demitido com um mês de trabalho no início do ano.

Enrolou
A Comissão de Clubes e o Bom Senso esperam há quase um mês a contraproposta da CBF para a criação de um órgão fiscalizador de clubes e federações, o último passo antes do encaminhamento para o Ministério do Esporte. Segundo interlocutores dos clubes, a CBF sentiu que o clima para votar a lei das dívidas esfriou e a entidade enrolou para que a discussão fique para 2015. E a efetividade da lei, só para 2016.

Veredito
Em cerca de 20 dias, o presidente Odílio Rodrigues terá em sua mesa o resultado da investigação interna do Santos sobre a operação de admissão de novos sócios em 2013, feito pelo empresa CSU. A investigação foi feita a pedido do conselheiro de oposição Orlando Rollo, que denunciou as ‘carteiras fantasmas’. O veredito será dado pelos cinco membros da Comissão de Inquérito e Sindicância do clube.

Renovação
As pedidas de alguns jogadores, como o goleiro Diego Cavalieri e o lateral Carlinhos, para renovar, aliadas à dificuldade de caixa da Unimed estão tensionando ambiente do Fluminense. A empresa já declarou que não vai aumentar investimentos e o clube diz publicamente que não tem como assimilar grandes aumentos nas despesas.

Poder
A reunião do Conselho Deliberativo do Palmeiras, na última segunda-feira à noite, mostrou o enfraquecimento da torcida organizada Mancha Verde – o protesto prometido foi bem menor do que o esperado – e o fortalecimento do ex-presidente Mustafá Contursi. As poucas propostas que o ex-presidente do clube alviverde fez para os conselheiros foram aceitas quase por unanimidade.

Outro lado
O conselheiro vascaíno Dênis Arrega nega ter dado socos no carro de Júlio Brant, como foi publicado nesta coluna, ontem. Afirma que bateu no vidro do carro de outro possível candidato a presidente do clube, Leonardo Gonçalves. E que foi um segurança deste que sacou uma arma. A afirmação de que se tratava de Brant partiu da Cruzada Vascaína, grupo que tem Leonardo Gonçalves como líder.

DE LETRA

“Dinheiro é para gastar, mas conta é para pagar”

Mustafá Contursi, ex-presidente do Palmeiras, contrariado com os déficits sucessivos do clube, desde 2004

 



  • admilson

    CBF TÉCNICO PERMANENTE (DUNGA) SALARIO R$500 MIL/MÊS PARA TREINAR O QUE? SE OS JOGADORES TREINAN E SEUS CLUBES!!!!!!!!!!

  • Pedro

    GOSTARIA QUE ALGUÉM DA IMPRENSA OLHASSE COM MAIS CARINHO ESSA MINHA SUGESTÃO: PENALIZAR OS ERROS DOS ÁRBITROS EM PECÚNIA. ERROU BISONHAMENTE E INTERFERIU NO RESULTADO DO JOGO, DESCONTA-SE UMA MULTA DOS VALORES QUE TÊM A RECEBER POR APITAR AQUELE JOGO. DESCONTA DE TODA A EQUIPE DE ARBITRAGEM DAQUELE JOGO. ASSIM UM VAI FICAR FISCALIZANDO O OUTRO PARA NÃO HAVER TANTO ERRO BISONHO. OS ÁRBITROS NO BRASIL APITAM FUTEBOL PROFISSIONAL, ONDE ROLA MUITO DINHEIRO, ENCARANDO COMO UM BICO. BASTA VER QUE MAIORIA TÊM OUTROS PROFISSÕES E USAM A ARBITRAGEM COMO HOBY OU MESMO UM BICO. PERGUNTO QUANTO UM VOADEM DA VIDA EMBOLSA POR APITAR UM FLAMENGO E CORINTIANS???? E AÍ O CARA COMETE UM ERRO GRAVE DESSE E FICA POR ISSO MESMO.

    Leia mais no LANCENET! http://www.lancenet.com.br/minuto/Renato-Augusto-arbitragem-injusta-Corinthians_0_1211878878.html#ixzz3DM4zV6bu
    © 1997-2014 Todos os direitos reservados a Areté Editorial S.A Diário LANCE!

MaisRecentes

‘Agressividade’ de Mattos no mercado rende brincadeiras nos bastidores



Continue Lendo

CBF planeja Seleção de Masters para 2018: projeto social e de imagem



Continue Lendo

CBF ‘absolve’ árbitro que não viu confusão Vizeu x Rhodolfo, mas STJD vai analisar



Continue Lendo