Informática gera caos na CBF



Departamento de Registros da CBF é foco de problemas

A estrutura de informática na CBF está provocando problemas em cima de problemas na entidade, especialmente no Departamento de Registros. A saída do diretor Luis Gustavo Vieira de Castro, ligado a Ricardo Teixeira, há um mês, não melhorou a situação. Os casos de Eduardo (América-MG) e Petros (Corinthians) podem afetar as Séries A e B. No software do BID, não há recursos que poderiam ter evitado esses erros crassos. Os dois casos podem significar perda de até 20 pontos para Corinthians e o América-MG.

Dinheiro e poder
A insatisfação dos conselheiros de situação com o presidente Paulo Nobre está atingindo um pico. Conselheiros que votaram nele, e devem fazê-lo novamente, dizem que se ele não fosse tão rico e com isso controlasse parte do Conselho, poderia passar por processo de impeachment, tal é o descontrole na gestão do clube. A alta rejeição à Wlademir Pescarmona também ajuda Nobre.

Bloqueados
É alta a chance de que o grupo de oposição Terceira Via Santista não tenha nenhum candidato à presidente neste ano – intenção confirmada por membros do grupo. Isso por que a Comissão de Inquérito e Sindicância do clube está investigando praticamente toda a cúpula do grupo, por supostamente terem fraudado a denúncia de crime no caso das carteirinhas fantasmas. A pena pode chegar ao desligamento do quadro social do clube.

Midiático
A decisão do novo presidente do STJD, Caio Rocha, de suspender o jogo Santos x Grêmio até que seja julgado o episódio de racismo durante a partida desagradou até a colegas de tribunal. Um diz que Rocha quis dar uma resposta rápida à mídia. Outro vai além: afirma que ele buscou os holofotes. A suspensão pode adiar a final do torneio.

Para quando
O alto custo dos equipamentos é o maior entrave para que a FPF implante sistemas de reconhecimento facial de torcedores nos estádios de São Paulo. A FPF não gostou dos três orçamentos que recebeu. A entidade teve R$ 34 milhões em receitas e que nos estádios de Palmeiras, Corinthians e São Paulo, o custo será menor, por causa das instalações existentes

Deixa pra lá
O Santos não vai tentar se declarar terceiro interessado no caso do STJD contra o Grêmio por causa do episódio de racismo. O clube avalia que não tem nada a ganhar, mesmo correndo risco de ver a partida de volta cancelada e perder algumas centenas de milhares de reais. O clube diz que não tem nada a ver com o episódio, que, segundo ele, ocorreu entre o Grêmio e o goleiro Aranha

Novas ideias
A Federação Carioca vai propor uma nova fórmula de campeonato estadual para 2016, na qual os clubes menores disputariam uma primeira fase e depois se juntariam aos quatro grandes. Enquanto o G4 carioca gostou da ideia, os menores temem que uma queda abrupta de receita, já que grande parte dos ganhos vem de partidas contra os times mais populares do estado.

CARAVELAS EM GUERRA

O clima de eleição no Vasco esquentou após derrota por 5 a 0 para o Avaí

O clima eleitoral no Vasco está ficando mais pesado, a julgar pelas acusações

Segundo uma delas, após a goleada sofrida no último sábado em São Januário, membros da chapa “Sempre Vasco”, de Julio Brant, o sócio benemérito Dênis Carrega Dias, que apoia o candidato Eurico Miranda, teria dado socos no carro do candidato, quando ele tentava sair do estádio.

Por outro lado, aliados de Carrega afirmam que nesse episódio seguranças de Brant sacaram uma arma, já fora do estádio.

O grupo que apoia Brant confirma ocorrido. Diz que quem a sacou foi um policial que apoia a candidatura e que o fez para se defender.

Ainda faltam mais de dois meses para a eleição para presidência e Conselho.

Até agora, nem a lista de eleitores está pronta, muito menos as chapas estão registradas.

DE LETRA

“Não tem o que ser feito. O que eu posso fazer?”

Rinaldo Martorelli, sobre a atuação do Sindicato dos Atletas em questões de racismo no futebol brasileiro.



  • Junior

    Onde se lê: ” Os dois casos podem significar perda de até 20 pontos para Corinthians e o Atlético-MG.” o correto é ” Os dois casos podem significar perda de até 20 pontos para Corinthians e o America-MG.”

  • Vênia insto para discrepar ! Queda do alambrado foi uma fatalidade , um acidente : perder para o Avaí foi imperdoável , ainda mais da maneira como ocorreu . Esperar , o que ! ? Um presidente omisso , incompetente e com prazo de validade vencido . A era Binamite é um desastre !

MaisRecentes

CBV visita cidade que pode receber seleções de vôlei nos Jogos de 2020



Continue Lendo

Botafogo deixa a Libertadores com R$ 13,4 milhões pela participação



Continue Lendo

Empresa explica saída do Brasil do Tour da Taça da Copa do Mundo



Continue Lendo