CBF ‘abandona’ clubes, Governo trava e lei das dívidas fica para 2015



Marco Polo Del Nero e José Maria do Marin decidiram acompanhar a Seleção em Miami às vésperas de ‘dia D’ da LFRE

A Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte (antigo Proforte) deve ser votada somente em 2015, após a CBF ‘abandonar o barco’um dia antes do ‘Dia D’  na Câmara dos Deputados – seus dirigentes decidiram acompanhar a seleção em Miami –  e o Governo Federal travar a pauta no Congresso.

Com o período eleitoral, o Plenário da Câmara só terá duas sessões deliberativas antes do 1º turno das eleições: 2 e 3 de setembro. Após esse período, é difícil definir o que pode acontecer, mas parlamentares acreditam que a LFRE só entrará em pauta  em 2015.

– Temos que, de uma vez por todas, chamar a CBF às falas. Essa omissão é um absurdo sem precedentes. Mas não é só isso. O Governo não quer votar agora. Pergunte à eles por que. – declarou o deputado federal Otávio Leite, relator da LFRE, à De Prima.

O projeto de lei, no entanto, ainda carece de definições antes de ser votado, segundo o Bom Senso FC. O grupo, que já entrou em consenso parcial com os clubes sobre a criação de um órgão fiscalizador dos clubes e federações – ponto que é encarado como essencial para a efetividade da lei, ainda não recebeu uma definição da CBF sobre o assunto.

Nesta última segunda-feira, 1, o grupo fez duras críticas à CBF pelo fato de o presidente em exercício, José Maria Marin, e o presidente que assume em 2015, Marco Polo Del Nero, terem viajado com a seleção para Miami em vez de acelerarem a pauta do órgão fiscalizador no Congresso.

– O crucial é saber se o órgão fiscalizador vai entrar no texto da lei. Se não entrar, a CBF pode até incorporar ao seu estatuto, mas estaria livre para fazer qualquer mudança, inclusive acabar com os avanços. E isso mataria a efetividade da lei – declarou à De Prima o diretor-executivo do Bom Senso FC, Ricardo Borges.

Segundo a De Prima apurou, Marco Polo Del Nero espera que o Departamento Jurídico do clube finalize a proposta, para que que esta seja enviada ainda esta semana ao presidente da Comissão de Clubes, Vilson Ribeiro de Andrade.

Só então as três propostas – CBF, Bom Senso e Clubes – serão confrontadas, para que um texto final seja enviado ao Ministério do Esporte, que então vai articular com a base governista a votação do projeto. Isto no caso de a presidente Dilma Rousseff (PT) se reeleger.

No caso de vitória de Marina Silva (PSB), que segundo pesquisas de intenção de voto venceria em um eventual segundo turno, seu programa de governo coloca a transparência no esporte como uma de suas bandeiras, mas não cita a Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte.



  • Alexandre

    Pra mim a CBF precisa abrir mão do campeonato brasileiro e assumir somente as seleções brasileiras. ela não tem competência e nem interesse em gerir campeonatos. o interesse é somente politico e financeiro. se os clubes continuarem a ser gueixas(pra não dizer pior) da CBF vão acabar falindo fora de campo e dentro tb. nosso futebol é um lixo mas ainda pode piorar.

  • GILBERTO

    OS CLUBES SÃO SUBSERVIENTES À CBF, QUE MANDA E DESMANDA;ENQUANTO NÃO FIZEREM UMA LIGA PARA COMANDAR SEUS PROPRIOS DESTINOS OS CLUBES BRASILEIROS E SEUS DIRIGENTES PODEM SER CHAMADOS DE PEQUENOS E CAPACHOS DA CBF E REDE GLOBO.

  • Ronaldo Luis Gasparini

    Boa tarde

    No futebol brasileiro deveria apresentar alguém de pulso firme para criar uma LIGA que não se confrontasse com CBF e gerir campeonatos nacionais, regionais paralelos até serem reconhecidos .o que não é demorado a ser, com o comprometimento dos clubes dos treze, para ser convidados para os campeonatos sul americanos, igualzinho ao basquete que criou e foi bem sucedido.
    abraços aos amantes do futebol ” Vamos torcer para que esta tristeza não se prolongue, este ritmo financeiro de interesse próprio
    Ronaldo Luis

    • Marcos

      …O CARA CERTO CHAMA……..ANDRÉS SANCHES

      • manofjua

        Esse aí? Foi quem junto com a GLOBO ou manipulado por ela, implodiu o C13 que estava acertando com outra emissora o BR deste ano, em troca de maior divulgação de seu time.Como agora chamar um cara desses pra organizar um liga independente? Acho que existem outros nomes por aí, como pode ser o caso de um desses atletas ou ex-atletas q fazem parte do Bom Senso, pq não? Gente da área, que conhece e sabe as necessidades dos clubes e atletas.

  • Fabio

    Cade os tal que defendia o que o Sanches fez, o clube dos 13 estava peitando a CBF e obrigando a Globo a abrir o cofre se quisesse continuar com o direito de transmissão, por politicagem muito apoiaram achando que era o melhor, incluindo ai varios jornalistas que agora fica indignado com o descaso da cbf

  • a cbf e a globo falar e compricado eles e que manda no futebol pensa bem ser um dia vc ligar na sbt ,band ,recor, redetv,etc cada um tv passando um jogo o se os clubens pode-se vender para todos e ganha muito mais
    as emissoras ganharia muito mais agora agente tem que pagar um absurdo para assistir o nosso time

  • NADA MUDOU
    até chamaram o Dunga, querem o que? até vi jornalista de mesa redonda apoiar o Dunga…
    NADA DE LIGA, NADA DE ENFRENTAR A C.B.F, NADA DE ENFRENTAR A GLOBO, NADA DE BRASÍLIA, só ficou mesmo os 7×1, e bilhões que gastaram pelo vexame mundial.
    agora só nos resta entrar de novo, “na alienação e ufanismo” do Galvão Bueno em 2018 e fingir que ainda metemos medo em alguém, ou ainda temos um futebol campeão.

  • BIDI

    VOU, DE NOVO, DAR SOCO EM PONTA DE PREGO… A CBF, É UMA MILICIANA, ELA, NÃO TEM NENHUM JOGADOR, SOBRA CONTRATO, NÃO FORMA NENHUM, E OS USA Á HORA EM QUE BEM ENTENDE.. USA AS NOSSAS CORES, O NOSSO HINO, O NOME DE NOSSO PAÍS, E CONSIDERADA UMA ENTIDADE..

    O QUE ACONTECE?? POR QUE NINGUÉM PEITA ESTE CÃNCER??

    SIMPLES..

    É O PAÍS DO RABO PRESO, DO CONCHAVO..

    JOGA OS CLUBES UNS CONTRA OS OUTROS, AQUELA DISTRIBUIÇÃO DE TÍTULOS, DE ANTES DE 1971, COMO BRASILEIRO, FOI UM DESTES ARTIFÍCIOS..

    CHEGA…

    ISTO É BRASIL!!!

  • ROD

    Existe futebol brasileiro antes de 1971 e não dava mais para ignorar isso.

    Não aconteceu distribuiçao nenhuma.

    Parte importante da historia do futebol foi simplesmente tirada dos buracos da indiferença e justiça foi feita.

  • Regis Fontenelle

    BRASILIXO = FUTEBOL + POLÍTICOS , UMA PORCARIA SÓ !!!

  • adilson angelo da silva

    Bom dia!
    O cancer do nosso futebol chama-se ” TV GLOBO”. A manipulação dos horários e valores pagos aos clubes, contribui para essa situação.
    Os clubes tem que ter vergonha na cara e vender os campeonatos por cota para todas as emissoras com horários seguros e dignos para o torcedor ir ao estadio.

  • Humberto

    O fato é simples a CBF não quer e nem deseja nada que possa fiscalizar ninguem, assim como é o congresso que também não deseja ser fiscalizado, portanto essa lei não vai ser votada nunca, se tivesse que ser votada ja teria, e deveria incluir uma fiscalização inclusive na CBF, para evitar que esse bando de sanguessugas, que assim como nossos politicos só aprovam coisas para beneficio proprio sem se importar com a moralidade de nada.

MaisRecentes

CBV visita cidade que pode receber seleções de vôlei nos Jogos de 2020



Continue Lendo

Botafogo deixa a Libertadores com R$ 13,4 milhões pela participação



Continue Lendo

Empresa explica saída do Brasil do Tour da Taça da Copa do Mundo



Continue Lendo