Derrota pode gerar crise no Palmeiras



Presidente Paulo Nobre vai blindar próxima reunião do Conselho

A cúpula do Palmeiras pode pedir reforço policial para a próxima reunião do Conselho Deliberativo, caso o time perca hoje para o Internacional e volte para a zona do rebaixamento. A reunião será na próxima segunda-feira. A Mancha Verde, adversária da diretoria desde que o presidente Paulo Nobre suspendeu a ajuda à torcida, ameaça invadir a reunião. A reunião é essencial para Nobre, que quer que o Conselho avalize os quase R$ 120 milhões que fez em empréstimos ao clube.

Separados
Durcésio Mello decidiu se lançar candidato a presidente do Botafogo. Ele tem o apoio do ex-presidente Carlos Augusto Montenegro. Mello se reuniu com o bloco de oposição, formado pelo Mais Botafogo e pelo Botafogo Acima de Tudo. Mello havia desistido do pleito, porém voltou atrás nesta semana. Os grupos serão rivais na eleição, mas prometem cooperar com a chapa eleita, após assumir a gestão.

Negociações
A Ferj planeja para o mês que vem um encontro para setembro com os clubes pequenos da 1ª Divisão estadual. Esses clubes pedem um aumento das cotas de TV – que são proprocionalmente muito menores que em São Paulo. O assunto veio à tona no Comitê Arbitral do Estadual de 2015, na última terça-feira. A federação do Rio definirá nos próximos dias a data para colocar o assunto em pauta, no próximo mês.

Chumbo tricolor
Conselheiros de situação e oposição reclamam que o ex-presidente Juvenal Juvêncio está detonando na surdina a gestão do sucessor Carlos Miguel Aidar. E que, quando alguém começa a criticá-lo – dizem que ele não quer largar o poder– , seus aliados o censuram dizendo que é falta de humanidade, em razão do mau estado de saúde do caudilho.

Cenário verde
A diretoria do Palmeiras, segundo conselheiros da situação, não fez homenagem ao ex-centroavante César Maluco na festa do centenário porque ele, além de ser conselheiro, é potencial candidato a vice na chapa de oposição na eleição de novembro. O objetivo foi evitar clima político na festa. Mas o presidente Paulo Nobre, que é candidato à reeleição, discursou –brevemente– durante a festa.

Nem a raspa
O departamento jurídico da Portuguesa diz que desistiu de qualquer desfecho favorável nas ações relativas ao Caso Héverton – que provocou o rebaixamento do time para a Série B – que estão centralizadas no Rio de Janeiro. Até recentemente, o clube ainda considerava que poderia ser ressarcido financeiramente pelo rebaixamento caso vencesse alguma ação.

Outro lado
O Ministério do Esporte nega que o ministro Aldo Rebelo esteja de férias. Diz que ele está em viagem oficial ao Paraguai – há imagem do ministro no site oficial. Diz que o ministro tirou uma semana de férias na semana retrasada e tirará outra na semana que vem. A informação errada foi passada por um assessor, que agora diz que houve um mal-entendido.

DIA DA CAÇA

Orlando Rollo é presidente do Conselho do grupo Terceira Via Santista

O conselheiro e membro do grupo Terceira Via Santista, Orlando Rollo, esteve nos holofotes do clube nos últimos meses.

Apresentou a denúncia dos sócios-fantasmas e conseguiu barrar a proposta de voto online no clube. Foi ovacionado e já pensava em chegar à presidência do Santos.

Na última reunião do Conselho, o vento virou.

Primeiro Rollo assistiu a diretoria provar, passo a passo, o envolvimento dos cabeças de seu grupo na confecção das “carteiras fantasmas”. Depois, ele mesmo foi acusado.

Protestou, disse estar sendo acusado levianamente e que não havia ofendido ninguém. Foi um tiro no pé.

O presidente do Conselho, Paulo Schiff,  leu em voz alta o trecho do ofício que Rollo havia protocolado no dia anterior. O texto acusava nominalmente o presidente do órgão.

DE LETRA

“Dos piores, ele é o melhorzinho”

Gilto Avallone, conselheiro do Palmeiras, explicando por que pretende votar na reeleição de Paulo Nobre



MaisRecentes

Fernanda Colombo deixa a arbitragem, lança livro e quer ser comentarista



Continue Lendo

Audiência pública promete pressionar políticos contra MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Técnico brasileiro Milton Mendes renova mais alta licença da Uefa para técnicos



Continue Lendo