Recuperação do Botafogo pode levar quatro anos



Mauricio Assumpção, presidente do Botafogo desde 2009

O Botafogo só deve resolver sua conturbada vida financeira em três ou quatro anos, segundo o vice-presidente de Finanças do clube, Francisco Fonseca. O dirigente argumenta que é difícil diminuir gastos com futebol no curto prazo e que cortar jogadores do elenco gera mais gastos do que economias. No entanto, Fonseca aponta que a retomada financeira do clube depende da aprovação da Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte – prevista para depois das eleições – e do retorno do Engenhão.

Recolocação
O Comitê Organizador Local (COL) da Copa-2014, que está em processo de “desmontagem” até dezembro, criou um programa de recolocação profissional para seus funcionários. A Rio-2016 é o destino mais lógico e alguns já mudaram de comitê. Outros locais de receberão profissionais são Consórcio Maracanã, Arena Corinthians e Allianz Parque.

Filho pródigo
O ex-presidente santista Marcelo Teixeira continua negando a intenção de se candidatar à presidente no pleito que ocorre em dezembro. Entretanto, ele vem aparecendo nos meios de comunicação de Santos para falar sobre a política do clube. Só na última semana, Teixeira concedeu entrevista para um programa da Santa Cecília TV – do qual é proprietário – e publicou um longo artigo no jornal diário A Tribuna. Em ambos os veículos, falou sobre o caso dos sócios-fantasmas do clube.

Vetado
Após a trombada do meia Petros com o juiz Raphael Claus, o departamento jurídico do Corinthians vetou o jogador de conceder qualquer entrevista que não for ao vivo ou registrada. A ideia é evitar que alguma declaração impensada do atleta corintiano piore sua situação no STJD. Petros pode sofrer até 180 dias de suspensão por agressão ao árbitro.

Carona

Corintiano confesso, o candidato a governador de São Paulo, Alexandre Padilha, pegou carona na popularidade do time alvinegro para criar um dos nove jingles de campanha que lançou ontem. O grito “Aqui tem um bando de louco” foi readaptado para o candidato – seus eleitores cantarão que são “loucos por ti, Padilha”.

Fatia do bolo
Diferentemente do divulgado em meios de comunicação, o Mogi Mirim não possui nenhuma participação dos direitos do atacante Hernane Brocador (ex-Fla). A cota de 18% em questão pertence à empresa de agenciamento de jogadores Energy, que investiu no clube de Mogi Mirim no passado. O Flamengo possui 50% e a empresa Talent Sports tem os 32% restantes.

Fold
Maior site de pôquer online do mundo, o PokerStars tem como garotos-propaganda Ronaldo Fenômeno e o tenista Rafael Nadal. O site, porém, sofreu uma “bad beat” – jargão usado quando alguém perde uma mão de pôquer que parecia ganha. O motivo? Apesar de Klose ter assumido o posto de maior artilheiro das Copas, as peças publicitárias da PokerStars que ainda estão no ar se referem, agora erroneamente, a Ronaldo como o maior goleador.

FOMENTO

Romário foi criado na Favela do Jacarézinho, no Rio de Janeiro

O ex-atacante Romário esteve no último domingo na Favela do Jacarezinho, Zona Norte do Rio de Janeiro, onde viveu parte de sua infância.

Em 2010, o agora deputado federal também esteve no local, panfletando e pedindo votos aos moradores.

Tanto o Comitê Olímpico do Brasil (COB), que deseja estar entre os 10 melhores nos Jogos Olímpicos de 2016, quanto a Prefeitura do Rio de Janeiro não instalaram uma Vila Olímpica no local.

Atualmente, a comunidade é a única na “Cidade Olímpica” que tem uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) e não tem uma Vila Olímpica.

Com uma imensa população jovem, o próximo Romário poderia sair da Favela do Jacarezinho. Mas pelo visto, não será dessa vez.

DE LETRA

“Isso acontece nas melhores famílias”

Francisco Fonseca, vice-presidente de finanças do Botafogo, sobre a atual crise financeira enfrentada pelo clube carioca



MaisRecentes

Fernanda Colombo deixa a arbitragem, lança livro e quer ser comentarista



Continue Lendo

Audiência pública promete pressionar políticos contra MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Técnico brasileiro Milton Mendes renova mais alta licença da Uefa para técnicos



Continue Lendo