Dívida do Flamengo com o Banco Central chega a R$ 91 milhões



Dívida do Flamengo tem origem no mandato de Kleber Leite, na década de 90

Dívida do Flamengo tem origem no mandato de Kleber Leite, na década de 90

A dívida do Flamengo com o Banco Central pulou para R$ 91 milhões, maior dívida de um clube com a instituição federal. No início do mês, eram R$ 80 milhões. O segundo time que mais deve é o Paraná, R$ 26,3 milhões, três vezes menos que o rubro-negro. Por causa da dívida, o Flamengo está inscrito no Cadastro Informativo de Créditos (Cadin), que lhe impede de receber cerca de R$ 8 milhões do patrocínio da Caixa. A dívida tem origem na década de 90, na gestão do ex-presidente Kleber Leite.

Atualização
Com a entrada da Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte na pauta do Plenário, dia 5 de agosto, parlamentares já escrevem emendas ao texto atual para que a proposta tenha consenso e seja aprovada na Câmara. Os pontos mais polêmicos e que ficaram de fora na Comissão do Esporte foram a punição a dirigentes, a auditoria pública na CBF e a taxa de juros da renegociação das dívidas, que para agradar ao Ministério da Fazenda, deve ser a taxa Selic.

Vias Legais
Foi protocolado ontem na Comissão de Inquérito e Sindicância do Santos a denúncia contra o Orlando Rollo, do grupo de oposição Terceira Via Santista. Ao ser notificado, Rollo terá 10 dias para montar sua defesa e responder sobre a veracidade da denúncia de fraude eleitoral feita na semana passada. Na ocasião, o grupo mostrou que sócios fantasmas como o mafioso Al Capone estavam entre os associados, podendo, assim, votar caso o voto online fosse aprovado.

Marketing
A Puma fará uma ação de marketing nos dois jogos entre Londrina (PR) e Santos, pela Copa do Brasil. Todos os jogadores do clube paranaense, inclusive reservas, jogarão com a chuteira evoPower, fabricada pela marca. Pelo Santos, Aranha e Thiago Ribeiro são patrocinados pela Puma.

Estacionou
As conversas do São Paulo com o Governo do Estado de São Paulo empacaram após o governador Geraldo Alckmin cancelar uma reunião com o clube que ele mesmo havia marcado no início de junho. Os dirigentes do clube pretendem falar com o poder público para tratar dos impactos do monotrilho que passará na região do Morumbi e espera uma resposta do Palácio dos Bandeirantes. Com a Prefeitura já está tudo resolvido.

Sobra
Saint-Clair Milesi, porta-voz do Comitê Organizador Local da Copa, afirma que a possível verba que sobrar destinada ao funcionamento do COL, para operação no Mundial, será devolvida à Fifa, que decidirá o que vai fazer com o valor. O Comitê funcionará até dezembro deste ano, mesmo com o fim da Copa em julho. Entre as operações está a transferência de conhecimento para o Comitê da Copa de 2018.

Prontidão médica
A Bradesco Seguros, parceira dos Jogos Rio-2016, fornecerá toda a equipe médica e uma ambulância para atender os 324 velejadores, de 34 países, que participarão do primeiro evento-teste de vela, na Baía de Guanabara, organizado pelo Comitê Rio-2016. A competição ocorrerá entre os dias 2 e 9 de agosto.

VAI-VÉM

O Santos vive um verdadeiro ping-pong político por conta da polêmica proposta do voto pela internet.

Há uma semana, o grupo de oposição Terceira Via apresentou carteirinhas de sócios fantasmas que poderia afetar no resultado da eleição.

E fez efeito. Um Conselho que normalmente tem maioria de dois terços se viu derrotado por 85 a 80 e teve a proposta barrada.

Mas a diretoria contraatacou e mostrou que esses sócios não teriam direito a voto porque a Serasa, que auditou a base de dados do programa, já havia colocado em xeque cerca de cinco mil associados.

Mas o estrago estava feito. Hoje, conselheiros de situação que foram contra a proposta, estão arrependidos.

Até porque o voto pela internet só poderá ser votado na próxima gestão.

DE LETRA

“A exposição irresponsável do presidente traz malefícios irreversíveis ao clube”

Antônio Carlos Mantuano, pré-candidato a presidente do Botafogo, sobre a ameaça de Mauricio Assumpção tirar o time do Brasileirão.



MaisRecentes

Atlético-MG pode ser multado no caso do torcedor que praticou racismo contra segurança



Continue Lendo

FPF e LaLiga assinam acordo inédito de cooperação



Continue Lendo

Flamengo é o primeiro clube brasileiro a ultrapassar os 25 milhões em redes sociais



Continue Lendo