Psicóloga da CBF fere Código de Ética



A psicóloga Regina Brandão, contratada pela CBF para ajudar no emocional dos jogadores da Seleção durante a Copa do Mundo, infringiu o Código de Ética dos Psicólogos ao falar sobre os atletas em programas de TV nesta semana. Segundo o artigo 2 do Código, ‘é proibido apresentar resultados de serviços psicológicos em meios de comunicação’. Regina é alvo de críticas de colegas de profissão há tempos. Questionado sobre o assunto, o Conselho Federal de Psicologia não se posicionou até o fechamento desta edição.

Cela Comum
Passados três dias desde que se entregou à Justiça, Ray Whelan, CEO da Match, ainda não entregou provas de que tem diploma universitário, o que lhe daria direito de ficar em cela individual. Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP-RJ), ele pode ser transferido a qualquer momento para uma cela comum. Antes de atuar na parceira da Fifa, Whelan teve uma fracassada carreira como técnico de futebol.

Trâmite
Ganha força em Brasília o projeto de Lei do senador Álvaro Dias (PSDB-PR), que prega a transparência na gestão da CBF. Ontem, o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) se reuniu com o ministro Aldo Rebelo para tentar o apoio da pasta à proposta. Paralelamente, Rodrigues busca assinaturas para instaurar uma CPI do Futebol no Senado.

Racha
Um dos principais motivos da fragmentação da chapa É Vasco, união de Pró-Vasco (Eduardo Machado) e Cruzada Vascaína (Leonardo Gonçalves), foi a demora no lançamento dos nomes para concorrer às eleições presidenciais. O Pró-Vasco defendia uma definição dos concorrentes até o final de 2013 para que houvesse tempo para trabalhar a campanha. Sem uma decisão até essa semana, a chapa se desfez.

Compromisso
Vilson Ribeiro de Andrade, presidente do Coritiba e representante dos clubes em Brasília, vai usar o Coxa para apoiar a Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte, que está travada na Câmara. O dirigente afirma que a equipe entrará em campo com faixas de apoio em todos os jogos em que for mandante. Andrade já foi visto como contrário à LRFE, mas aderiu ao projeto depois que cláusulas sobre a CBF foram retiradas do texto final.

Muito social
Segundo diretores do Twitter no Brasil, a Copa do Mundo de 2014 é o maior sucesso na história da rede social. E parte do sucesso se deve ao perfil do povo brasileiro, que na visão do grupo é um ‘usuário muito social’. A repercussão do Mundial na plataforma bateu recorde com 672 milhões de tweets.

Tráfico
Mesmo com o fim do Mundial de futebol, o Ibama ainda não encerrou a “Operação Copa”, montada especialmente para o evento para fiscalizar o tráfico de fauna e flora nativas. Entre as apreensões, estão tartarugas, lagostas, algas e até um tatu-bola, espécie que foi escolhida para ser o mascote da Copa. A iniciativa do Ibama está sendo realizada em 12 aeroportos e as multas variam de R$ 500 a R$ 50 mil.

SEM GRANA

Os argentinos estão se acostumando a ter dificuldades financeiras.

No governo, a presidente Cristina Kirchner está prestes a dar um calote bilionário em bancos e fundos pelo vencimento de títulos de sua dívida no passado.

Já entre os torcedores, centenas de argentinos estão desesperados para para voltar para casa, pois vieram assistir a Copa no Brasil mas ficaram sem dinheiro para comprar a passagem de volta.

Ontem, 84 deles foram repatriados com a ajuda do Consulado da Argentina no Rio de Janeiro, que comprou passagens de ônibus e até kit alimentação no valor de R$ 20.

O problema é que, enquanto os torcedores vão dando um jeito de voltar para casa, a presidente ainda não achou ninguém para socorrê-la.

De Letra

“Esse momento não é adequado para ficarmos discutindo isso”

Mano Menezes, sobre o desempenho da Seleção na Copa do Mundo.



MaisRecentes

Conmebol anunciará veredito do Flamengo na segunda semana de janeiro



Continue Lendo

Presidência da Primeira Liga fica com o América-MG; vice é do Paraná



Continue Lendo

Botafogo recupera certificado de clube formador da CBF



Continue Lendo