Psicóloga da CBF fere Código de Ética



A psicóloga Regina Brandão, contratada pela CBF para ajudar no emocional dos jogadores da Seleção durante a Copa do Mundo, infringiu o Código de Ética dos Psicólogos ao falar sobre os atletas em programas de TV nesta semana. Segundo o artigo 2 do Código, ‘é proibido apresentar resultados de serviços psicológicos em meios de comunicação’. Regina é alvo de críticas de colegas de profissão há tempos. Questionado sobre o assunto, o Conselho Federal de Psicologia não se posicionou até o fechamento desta edição.

Cela Comum
Passados três dias desde que se entregou à Justiça, Ray Whelan, CEO da Match, ainda não entregou provas de que tem diploma universitário, o que lhe daria direito de ficar em cela individual. Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP-RJ), ele pode ser transferido a qualquer momento para uma cela comum. Antes de atuar na parceira da Fifa, Whelan teve uma fracassada carreira como técnico de futebol.

Trâmite
Ganha força em Brasília o projeto de Lei do senador Álvaro Dias (PSDB-PR), que prega a transparência na gestão da CBF. Ontem, o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) se reuniu com o ministro Aldo Rebelo para tentar o apoio da pasta à proposta. Paralelamente, Rodrigues busca assinaturas para instaurar uma CPI do Futebol no Senado.

Racha
Um dos principais motivos da fragmentação da chapa É Vasco, união de Pró-Vasco (Eduardo Machado) e Cruzada Vascaína (Leonardo Gonçalves), foi a demora no lançamento dos nomes para concorrer às eleições presidenciais. O Pró-Vasco defendia uma definição dos concorrentes até o final de 2013 para que houvesse tempo para trabalhar a campanha. Sem uma decisão até essa semana, a chapa se desfez.

Compromisso
Vilson Ribeiro de Andrade, presidente do Coritiba e representante dos clubes em Brasília, vai usar o Coxa para apoiar a Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte, que está travada na Câmara. O dirigente afirma que a equipe entrará em campo com faixas de apoio em todos os jogos em que for mandante. Andrade já foi visto como contrário à LRFE, mas aderiu ao projeto depois que cláusulas sobre a CBF foram retiradas do texto final.

Muito social
Segundo diretores do Twitter no Brasil, a Copa do Mundo de 2014 é o maior sucesso na história da rede social. E parte do sucesso se deve ao perfil do povo brasileiro, que na visão do grupo é um ‘usuário muito social’. A repercussão do Mundial na plataforma bateu recorde com 672 milhões de tweets.

Tráfico
Mesmo com o fim do Mundial de futebol, o Ibama ainda não encerrou a “Operação Copa”, montada especialmente para o evento para fiscalizar o tráfico de fauna e flora nativas. Entre as apreensões, estão tartarugas, lagostas, algas e até um tatu-bola, espécie que foi escolhida para ser o mascote da Copa. A iniciativa do Ibama está sendo realizada em 12 aeroportos e as multas variam de R$ 500 a R$ 50 mil.

SEM GRANA

Os argentinos estão se acostumando a ter dificuldades financeiras.

No governo, a presidente Cristina Kirchner está prestes a dar um calote bilionário em bancos e fundos pelo vencimento de títulos de sua dívida no passado.

Já entre os torcedores, centenas de argentinos estão desesperados para para voltar para casa, pois vieram assistir a Copa no Brasil mas ficaram sem dinheiro para comprar a passagem de volta.

Ontem, 84 deles foram repatriados com a ajuda do Consulado da Argentina no Rio de Janeiro, que comprou passagens de ônibus e até kit alimentação no valor de R$ 20.

O problema é que, enquanto os torcedores vão dando um jeito de voltar para casa, a presidente ainda não achou ninguém para socorrê-la.

De Letra

“Esse momento não é adequado para ficarmos discutindo isso”

Mano Menezes, sobre o desempenho da Seleção na Copa do Mundo.



MaisRecentes

Vice geral do Flamengo minimiza discussão com colega de diretoria



Continue Lendo

Presidente eleito da Federação Mineira vê clubes de BH no mesmo nível de SP e RJ



Continue Lendo

Del Nero promete solução na segunda-feira para transmissão dos jogos da Seleção



Continue Lendo