Força Nacional dobra efetivo na final no RJ



Força Nacional de Segurança, que já atuou na final da Copa das Confederações, em 2013

A Força Nacional de Segurança dobrou seu efetivo policial no Rio de Janeiro para a final da Copa do Mundo. Serão 454 policiais espalhados em pontos estratégicos da cidade, como Linha Vermelha e estações de trem e metrô próximas ao Maracanã e na zona sul da cidade. Outros 150 homens estarão de prontidão em Brasília caso ocorra alguma emergência. Já São Paulo, Brasília e Belo Horizonte, que também recebem jogos da fase final do Mundial, não solicitaram ajuda da Força Nacional.

Soccer brasileiro
Segundo dados do Ibope, a seleção que o brasileiro mais acompanhou nesta Copa foi a dos EUA, à frente de Alemanha e Argentina, outras que fizeram sucesso na audiência brasileira. Os americanos tiveram uma média de 25 pontos de audiência nos jogos da primeira fase. A estreia dos EUA contra a seleção de Gana atingiu 32 pontos, sendo a mais assistida pelos brasileiros, desconsiderando os jogos da Seleção.

Público
O público dos 60 jogos da Copa do Mundo até aqui representa 73,5% do público da Fan Fest de todas as cidades-sede do Mundial. Enquanto 3,2 milhões de pessoas foram assistir às partidas nos estádios, 4,3 milhões foram aos locais alternativos às arenas montados pela Fifa no Brasil. Só nos 48 jogos da primeira fase do torneio, as Fan Fests reuniram cerca de 2,8 milhões de pessoas.

Copa do grito
A Hear the Word Foundation,do Grupo Sonova (soluções auditivas), usou um decibelímetro digital para medir, nas quartas de final da Copa, o nível de ruído das torcidas na Vila Madalena, bar boêmio de São Paulo. Como era esperado, a torcida brasileira liderou com 116dB, seguido de França (99dB) e Colômbia (97dB). A ação do grupo é para alertar a população sobre os cuidados da audição.

Copa no Pé
Durante o período da Copa do Mundo, a chuteira usada por Neymar na Copa, a Nike Hypervenom foi o calçado mais vendido pelo site de compras online Netshoes. A lista segue com três chuteiras da Adidas – Predator, F50 e 11Pro – todas no estilo “zebra”, marca da empresa para este Mundial. A quinta chuteira mais vendida no site foi a Nike Mercurial, modelo usado por Cristiano Ronaldo.

Justiça
Conselheiros de oposição do Vasco prometem entrar com uma ação na justiça para anular o contrato com a nova fornecedora, que deve substituir a Penalty, caso ele tenha duração superior a seis meses. Segundo eles, Dinamite comprometeu-se em ata em reunião do Conselho a não fechar nenhum contrato superior ao período. A Penalty ficará no máximo até o fim de outubro.

Em alta
Maneira encontrada de se aliar à Seleção Brasileira, a camisa amarela fabricada pela Adidas para o Palmeiras representa atualmente 65% das vendas de uniformes de jogo nas lojas do clube paulista. Por conta da grande procura pelo produto, um novo estoque foi enviado recentemente às 20 unidades da rede Academia Store, rede de vendas oficial do Palmeiras.

CALVÁRIO

Leonardo (nome fictício) é um dos milhares de argentinos que vieram para a Copa no Brasil com pouco dinheiro.

Mas ele veio de Ushuaia, quase no Polo Sul. E suas reservas eram mínimas.

Viajou quase 7mil km de carona, levou mais de um mês.Primeiro foi para o Rio, onde dormiu na praia ou no aeroporto.

Depois, sempre de carona, foi para Belo Horizonte, onde se concentrava a seleção argentina.

Sem ingresso, não foi ao estádio nenhuma vez. Viu os jogos nas Fan Fests.

Em BH, passou mais de 12 dias na porta da Cidade do Galo. Queria tirar uma foto com algum jogador.

Num dia de visita dos parentes dos jogadores, ganhou uma camisa velha da albiceleste das mãos da mulher de Lavezzi.

Na última vez que foi visto estava reunindo dinheiro para a viagem de volta. Ou para o Rio, para a final.

DE LETRA

“Pelo futebol, eu espero que os alemães passem, porque os brasileiros simplesmente se negam a jogar futebol”

Cruyff, em sua coluna para o jornal holandês De Telegraaf

 



MaisRecentes

Placar das finanças: Corinthians batalha para fechar 2017 perto do ‘0 a 0’



Continue Lendo

Curso de treinador sem chancela de Conmebol e Fifa liga sinal de alerta



Continue Lendo

Nabil aposta em apoio de ‘notáveis’ na eleição do Santos



Continue Lendo