Marin é escanteado na abertura da Copa



Onde está Marin?

Aonde está Marin?

O presidente da CBF e do COL, José Maria Marin, não conseguiu se sentar nem a uma distância razoável da presidente Dilma Roussef. Blatter que sentou-se ao lado dela, colocou apenas os dirigentes da Fifa mais próximos dele. Do lado da presidente, até quem não era do governo brasileiro teve prioridade sobre o cartola. Desde quando assumiu, Rousseff evita contato com os presidente da CBF, mas se reuniu com os jogadores do Bom Senso. Até 2012, foi com Ricardo Teixeira e desde então com Marin.

 

Simpatia

Os brasileiros têm mais um motivo para ficarem tranquilos quanto a atentados nesta Copa.

O site Vocativ, dos EUA, examinou as principais páginas de grupos extremistas islâmicos no Facebook e detectou grande simpatia ao Brasil na Copa.

A Seleção só perde para a Argélia, a única equipe islâmica na Copa.

Para a Al-Qaeda, o Brasil (13%) fica atrás da Argélia (21%) e Itália. Para o Hamas, da Palestina, o Brasil fica em segundo, atrás da Argélia (34% x 16%)

Mas, para o Hezzbolah, do Líbano, o Brasil (17%) é o número 1.

O futebol divide esses grupos. O nigeriano Boko Haram, conhecido por sequestrar garotas, condena quem assiste futebol. O ISIS, da Síria, ao contrário, usa o futebol para arregimentar militantes.

 

Proteção VIP
A segurança privada para executivos e celebridades que irão assistir à Copa do Mundo pode ultrapassar US$ 100 milhões (R$ 222 milhões), segundo o estudo da iJet, empresa de segurança que presta serviços para corporações internacionais. A iJet estima que cerca de 5 mil pessoas receberão este tipo de segurança, a um custo individual entre US$ 10 mil e U$ 20 mil. A maioria dessas pessoas virá à Copa a trabalho.

Tendências
Os holandeses estão preocupados com Robben para o jogo de hoje contra a Espanha, em Salvador. Dados do Google de ontem mostraram que, na Holanda, as buscas pelo meia-atacante, que teve um problema nas costas há 3 dias, eram três vezes maiores que a soma de todos os jogadores de ambas as seleções. No Brasil, o interesse por Neymar era cinco vezes maior do que em Pelé.

Segurança
Espanha e Holanda, que estreiam hoje, trouxeram seus próprios agentes de segurança. A Espanha tem três policiais baseados em Brasília, junto ao comando de segurança da Copa, enquanto quatro seguem a equipe. Os holandeses têm dois agentes de segurança e cinco seguindo a equipe. Por decisão do governo brasileiro, cada seleção pode trazer até sete policiais para sua proteção.

Caminho sem volta
Às 14h, depois dos primeiros confrontos entre manifestantes e policiais, foi determinado que apenas passageiros com ingressos para a abertura da Copa poderiam entrar nas estações do metrô. Na zona leste, policiais do Choque ajudaram no controle de acesso. Muitos trabalhadores que voltavam para casa para ver o jogo não conseguiram embarcar.

Papelão
O prefeito de Porto Alegre, José Fortunatti (PDT), passou vergonha nesta última quarta-feira ao inaugurar a Avenida Padre Cacique, uma das vias de acesso ao estádio Beira-Rio. Fortunatti posou para fotos carregando os cones da obra, como que para “abrir” a avenida. Mas não percebeu que ao fundo, operários, máquinas e carros que ainda terminavam os detalhes finais da obra.

Frigideira
Michel Platini, da Uefa, foi o único presidente de confederação continental a não se sentar ao lado de Joseph Blatter, presidente da Fifa, na abertura do Mundial Rompido com o antigo padrinho, Platini, poderá ser o próximo alvo dele. Citado no escândalo da suposta compra de votos para a escolha do Qatar em 2022, Platini ainda deve ser investigado depois da Copa do Mundo.



MaisRecentes

Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro está dividida sobre o Everest



Continue Lendo

Diretoria do Vasco usa embargos na Justiça para que caso “HD do Vasco” não termine logo



Continue Lendo

Vitória de Galiotte e Leila Pereira no Conselho Deliberativo gera desconfiança no Palmeiras



Continue Lendo