Na Itália, estádio da abertura não tinha gramado a 14 dias da Copa, diz membro da Fifa



Dirigentes da Fifa falaram nesta quinta-feira, 5, no Congresso da Fifa para a Copa do Mundo do Brasil 2014, sobre a organização do Mundial, que começa em uma semana. O discurso dos membros da entidade máxima do futebol mundial deu a entender que a entidade está tranquila quanto a organização e realização do torneio.

Membro do Comitê Executivo da Fifa, o belga Michel D’Hooge  conversou com a De Prima e relativizou as críticas aos atrasos de obras de estádios e de infraestrutura no Brasil com uma história sobre uma das  Copas do Mundo na qual fazia parte da entidade.

– Essa é  a minha nona Copa do Mundo. Em 1990, na Itália, 14 dias antes do início do mundial,  o Estádio Olímpico de Roma não tinha gramado e os camarotes estavam pela metade. Disse para a minha mulher: se tiver jogo aqui, eu sou o Napoleão. E eu fui Napoleão.  – contou o dirigente à De Prima.

 



MaisRecentes

Presidente da Federação Paulista lamenta calendário apertado em 2018



Continue Lendo

Brasileiro de Aspirantes terá ajuda de custo e passagens bancadas pela CBF



Continue Lendo

Galiotte e Modesto em clima de paz: ‘É um dos mais éticos’, elogia o santista



Continue Lendo