Futebol é o melhor jeito de falar com o povo , diz pré-candidato Sanchéz



O ex-presidente do Corinthians Andrés Sanchez revelou, nesta sexta-feira,  um pouco de suas opiniões sobre a política e o momento do País, em palestra para estudantes da Fasm em São Paulo. Sanchez é pre-candidato à deputado federal pelo PT. O partido vê no ex-dirigente um “puxador de votos”, que poderia eleger mais deputados da legenda em uma eventual grande votação no número do ex-dirigente. Sanchez também é cotado para ter o número mais disputado do partido nas eleiçoes, o 1313, como revelou este blog.

– Sou socialista, sou de esquerda. Tenho um passado sindical, de luta, de protesto. Mas em alguns momentos não entendo essa manifestações contra a copa. Lógico que falta moradia, falta hospital. O Brasil é deslumbrante, mas está em desenvolvimento – disse Sanchez.

O ex-dirigente também disse que visitou a ocupação “Copa do Povo”, vizinha à Arena Corinthians, e conversou com os líderes do movimento. Apesar disso, não concorda 100% com a atuação do grupo.

– Fizeram manifestação na frente da Arena. Mas invadir, quebrar, é outra coisa. Estão se aproveitando da Copa para fazer manifestação. Mas sou contra isso de esconder a parte ruim. Se colocar tapume na ocupação para esconder do turista, eu sou o primeiro a colocar fogo – disse o ex-presidente do Corinthians.

Apesar da quase certa cerreira na Câmara dos Deputados, Andrés Sanchez afirma querer ser presidente do Corinthians, sem definir ao certo quando.

– Sim, quero continuar no Corinthians e ser presidente, mas não agora, nem em 2018. O futuro a Deus pertence – disse Sanchéz.

E MAIS
Andres Sanchez explica por que “Itaquerão” atrapalha negociação de naming rights
> Sanchéz: Kassab foi mais importante que Lula para viabilização do Itaquerão

 



MaisRecentes

À espera de decisão da Justiça sobre eleição, oposição se movimenta no Vasco



Continue Lendo

Instituto Guga Kuerten consegue captar doações via ‘Clube do Patrocínio’



Continue Lendo

Grupos respeitam luto por Eurico, mas rearrumação política está em curso



Continue Lendo