Futebol é o melhor jeito de falar com o povo , diz pré-candidato Sanchéz



O ex-presidente do Corinthians Andrés Sanchez revelou, nesta sexta-feira,  um pouco de suas opiniões sobre a política e o momento do País, em palestra para estudantes da Fasm em São Paulo. Sanchez é pre-candidato à deputado federal pelo PT. O partido vê no ex-dirigente um “puxador de votos”, que poderia eleger mais deputados da legenda em uma eventual grande votação no número do ex-dirigente. Sanchez também é cotado para ter o número mais disputado do partido nas eleiçoes, o 1313, como revelou este blog.

– Sou socialista, sou de esquerda. Tenho um passado sindical, de luta, de protesto. Mas em alguns momentos não entendo essa manifestações contra a copa. Lógico que falta moradia, falta hospital. O Brasil é deslumbrante, mas está em desenvolvimento – disse Sanchez.

O ex-dirigente também disse que visitou a ocupação “Copa do Povo”, vizinha à Arena Corinthians, e conversou com os líderes do movimento. Apesar disso, não concorda 100% com a atuação do grupo.

– Fizeram manifestação na frente da Arena. Mas invadir, quebrar, é outra coisa. Estão se aproveitando da Copa para fazer manifestação. Mas sou contra isso de esconder a parte ruim. Se colocar tapume na ocupação para esconder do turista, eu sou o primeiro a colocar fogo – disse o ex-presidente do Corinthians.

Apesar da quase certa cerreira na Câmara dos Deputados, Andrés Sanchez afirma querer ser presidente do Corinthians, sem definir ao certo quando.

– Sim, quero continuar no Corinthians e ser presidente, mas não agora, nem em 2018. O futuro a Deus pertence – disse Sanchéz.

E MAIS
Andres Sanchez explica por que “Itaquerão” atrapalha negociação de naming rights
> Sanchéz: Kassab foi mais importante que Lula para viabilização do Itaquerão

 



MaisRecentes

Presidente eleito da Federação Mineira vê clubes de BH no mesmo nível de SP e RJ



Continue Lendo

Del Nero promete solução na segunda-feira para transmissão dos jogos da Seleção



Continue Lendo

Presidente da Ferj tira terceira licença em 2017



Continue Lendo