Santos e Doyen seguram Leandro Damião



Treino do Santos;
Leandro Damião não deve ir para a Europa depois da Copa do Mundo. O Santos achou baixa a oferta de 13 milhões de euros (quer no mínimo 16 milhões) do Atlético de Madrid (ESP) e a Doyen quer que o jogador melhore a sua performance na equipe da Baixada Santista. O atacante deve se submeter ainda a um programa especial de musculação para ficar com um perfil mais europeu.

Coalizão
A Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte deve ser aprovada sem resistência no Plenário da Câmara, dia 20, segundo os parlamentares da Comissão do Proforte. Governistas, oposição e dirigentes de clubes já trabalham nos bastidores pela aprovação do projeto.

Palácio de Cristal
A fachada oeste da Arena Corinthians foi um dos pontos que mais encareceram o estádio. Ela foi feita de vidros importados da Itália, cada um com um formato curvo diferente. A ideia inicial era que os vidros dessem a sensação de uma rede estufada.

No banco de reserva
Os protestos que tomaram as ruas do Brasil desde junho do ano passado impactaram as datas de veiculação das campanhas do Itaú voltadas à Copa. Patrocinador do Mundial e da Seleção Brasileira, o banco preferiu esperar a poeira baixar para divulgar filmes das campanhas “Vamos jogar bola” e “Isso muda o jogo”.

Ocupando terreno
A oposição são-paulina vai protocolar dia 12 o pedido para uma reunião extraordinária para debater o projeto da cobertura do Morumbi. Membros já se reuniram para definir a estratégia do grupo. Antes, o conselheiro José Francisco Manssur provocou os opositores, dizendo que eles “não sabia mais o que querem”.

Meio-campo
Externo ao meio do futebol, mas muito conhecido na Sadia, o apresentador Marcio Moraes, do programa Companhia de Viagem, da Rede TV, foi um intermediários da compra dos naming rights da Copa do Brasil pela Sadia (Grupo BRF) no início do ano.

Inacabado
Assim como os terminais de navio de passageiros no Nordeste, as rodoviárias de Curitiba também estarão em obra durante a Copa do Mundo. Na cidade, critica-se a necessidade e a oportunidade da reforma. A Arena da Baixada também segue em obras, assim como o seu entorno.

Volta atrás, de novo
Após trocar membros da diretoria, o Fluminense pode voltar a negociar com o zagueiro Henrique, ex-Bordeaux (FRA). A nova diretoria irá se reunir para dar um fim ao caso. O jogador deixou o clube francês no último dia 2 para negociar sua volta ao futebol brasileiro, e o Tricolor era o provável destino, mas desistiu com a saída do vice Ricardo Tenório.

Pressão carioca
Na votação que aprovou a Lei de Responsabilidade Fiscal, no dia 7, presidentes de Vasco e Flamengo presentearam com camisas de seus clubes o presidente da Câmara, Henrique Alves (foto), e sua mulher. Os clubes têm especial interesse na aprovação do projeto, devido ao tamanho das suas dívidas.

De Letra
“A cada estádio entregue temos a certeza que faremos um grande evento”
Vinicius Nobre Lages, ministro do Turismo, sobre a reta final das obras dos estádios da Copa do Mundo.



  • marcelo crispim

    SÓ PODE SER BRINCADEIRA NÃO ACEITAREM A PROPOSTA ISSO É SE ELA EXISTE MESMO OU É CONVERSA FIADA PRA TENTAREM VALORIZAR ESSE MORTOMIÃO NÃO CONSEGUE ACERTAR UM CHUTE ASSIM NÃO DÁ MESMO VAI LOGO OU VOU VAMOS FAZER PASSEATA TAMBÉM PARA ELE IR EMBORA POIS PRA CONTINUAR ASSIM NO SANTOS JÁ SÃO 4 MESES QUE ELE VEIO PRO SANTOS E NADA ISSO NÃO É FAZE RUIM E SIM SER MUITO GROSSO

MaisRecentes

Um Tite x Carille ajudará famílias das vítimas do acidente da Chapecoense



Continue Lendo

Na situação, também há simpatia por união geral e candidato único no Flamengo



Continue Lendo

Grêmio tem reunião nesta sexta na Conmebol: arbitragem em pauta



Continue Lendo