Copa deve começar com obras inacabadas



O governo corre para aprontar os terminais de navios de passageiros no Nordeste, que serão usados por turistas de alguns países, especialmente o México, que atuará toda a primeira fase na região. Os terminais de Natal e Fortaleza serão inaugurados na semana da abertura do Mundial. O maior deles, de Fortaleza, vai funcionar durante a Copa ainda em obra.

Novidades
A diretoria do Corinthians vai anunciar neste sábado, logo após o amistoso de ídolos do clube no novo estádio, detalhes da excursão que o time vai fazer durante a parada para a Copa do Mundo. A equipe deve fazer amistosos na China e nos Emirados Árabes.

Agilidade
Antes fechar contrato com a Samsung até 2018, a CBF esteve perto de acertar patrocínio com a também sul-coreana LG. A Samsung entrou no negócio na última hora, ofereceu 7 milhões de dólares por ano (aproximadamente R$ 15,5 milhões) e superou a oferta da LG, que era de 5 milhões de dólares por ano.

Profissional
O presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, convidou o advogado José Francisco Manssur para ser diretor de relações institucionais, mais cobrou que ele se desligasse do seu escritório, que advoga para o clube. Manssur recusou o convite, para ficar no escritório, mas irá menos ao clube do que na época de Juvenal Juvêncio.

Made in Alemanha
Por causa da quebra da máquina de fabricação de cadeiras, a Kango precisou que a parceira alemã Stechert fabricasse os últimos 15 mil assentos da Arena da Baixada. As novas cadeiras chegaram a Curitiba no início da semana e já começaram a ser instaladas.

Mãos à obra
Com a recente anulação da suspensão da Federação Francesa de Futebol, o ex-diretor esportivo do Paris Saint-Germain Leonardo planeja voltar a trabalhar como técnico já na próxima temporada europeia. O ex-meia descarta trabalhar no Brasil e já analisa algumas sondagens de clubes do exterior.

Guardando as fichas
O diretor-executivo José Carlos Brunoro não deve bancar o nome de Vanderlei Luxemburgo como técnico do Palmeiras. Segundo seus amigos, Brunoro acha a aposta arriscada demais e teme sofrer um grande desgaste no cargo caso Luxemburgo volte a fracassar, se voltasse ao clube.

Privilégio organizado
Na visita da presidente à Arena Corinthians, destacou-se entre os poucos convidados a acompanhar Dilma no gramado Rogério Maldonado, o Bambu, presidente da torcida organizada Estopim Da Fiel, que nem é das maiores. Até parte do estafe presidencial foi barrada do palco dos jogos.

Tentáculos
O Doyen Group assumiu o gerenciamento da carreira do técnico do Atlético de Madrid, Diego Simeone. É o primeiro técnico do novo braço da empresa, voltado para gerenciamento de carreira e eventos não-esportivos. O Doyen deve comprar direitos sobre cantores e organizar seus shows.

De Letra
“Eu já não sei o que eles querem”
José Francisco Manssur, conselheiro do São Paulo, sobre a demora da oposição do São Paulo em pedir a reunião extraordinária do Conselho para discutir a cobertura do Morumbi.



  • Prof. Pardal

    Há algum tempo, desisti de ler o Lance!, principalmente depois de ver achincalhada a qualidade do jornalismo, na cobertura de times que são perseguidos politicamente (Palmeiras, Flamengo e Santos, por exemplo).
    Um dos únicos pontos que me interessava no jornal era esta coluna. Parei de lê-la agora, depois do “mais” como advérbio de adversidade. Continuo com o (também fraco) Globoesporte.com

MaisRecentes

Presidente eleito da Federação Mineira vê clubes de BH no mesmo nível de SP e RJ



Continue Lendo

Del Nero promete solução na segunda-feira para transmissão dos jogos da Seleção



Continue Lendo

Presidente da Ferj tira terceira licença em 2017



Continue Lendo