Corinthians conta com ajuda de Kia para fechar naming rights da Arena



KIA

Kia Joorabchian, ex-presidente da MSI, antiga parceira do Corinthians, está ajudando o ex-presidente corintiano Andrés Sanchez a fechar o naming rights da Arena Corinthians. O agente iraniano, que esteve novamente no Brasil na semana passada, está trabalhando como uma espécie de articulador das conversas com as empresas interessadas.

Ao lado do sócio Giuliano Bertolucci, Kia visitou a Arena Corinthians no começo de janeiro deste ano. Ambos foram convidados por Andrés, que nunca escondeu a amizade que ainda mantém com o ex-dirigente da MSI.

No último domingo, Andrés Sanchez viajou para Abu Dhabi (EAU) para tentar avançar na negociação do naming rights com xeques. De volta, ele divulgou, por meio de uma nota de sua assessoria de imprensa, que ainda não houve acordo.

A intenção do Timão é vender o nome do futuro da nova arena por R$ 400 milhões, com autorização de exploração do nome por 20 anos.

ACUSAÇÃO DE LAVAGEM DE DINHEIRO

A Justiça Federal do Estado de São Paulo absolveu no início deste ano os envolvidos no caso MSI/Corinthians, que eram acusados de lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, entre eles, o ex-presidente Alberto Dualib e o empresário Kia Joorabchian.

A acusação era de que dinheiro investido no Timão pela MSI entre 2005 e 2006 seria fruto de desvio de cerca de US$ 250 milhões da Aeroflot, empresa de aviação russa. O clube teria servido, portanto, para lavar o dinheiro, com contratações de jogadores, entre eles, Tevez e Mascherano.



MaisRecentes

Valorizado após a Copa do Mundo, Fágner tem proposta do Napoli-ITA



Continue Lendo

Fora de painel com ídolos em São Januário, Pedrinho deve entrar na próxima expansão



Continue Lendo

Neymar é o alvo do Real Madrid para o lugar de Cristiano Ronaldo, revela jornalista espanhol



Continue Lendo