Corinthians pode pedir nova verba para a Arena



Arena do Timão
A reunião do Conselho Deliberativo do Corinthians, no sábado, que vai votar a autorização de um empréstimo de R$ 350 milhões para cobrir um rombo orçamentário na construção da Arena do Corinthians, pode não ser a única. Especialista com acesso aos custos do estádio diz que o valor não cobre as variadas despesas da obra que não estavam no custo inicial de R$ 820 milhões. Hoje, o custo do nova arena já ultrapassou a casa de R$ 1 bilhão.

Representante
Com o início do Brasileirão, os líderes do Bom Senso nomearam o volante Gilberto Silva como representante nas próximas reuniões com sindicatos, políticos e CBF. O campeão mundial de 2002, de 37 anos, está sem clube desde quando deixou o Atlético-MG.

Caro demais
O Santos pediu ao Doyen Group que contratasse um zagueiro para reforçar o time. Indicou Manuel (Atlético-PR) e Doria (Botafogo). Mas os preços dos dois (R$ 7 milhões e R$ 10 milhões, respectivamente) assustou os investidores. Se quiser os jogadores, o Santos terá de ir por conta própria.

Garantia insuficiente
O presidente do Santos, Odílio Rodrigues, não foi o único membro do Comitê Gestor a colocar parte de seu patrimônio como aval no último empréstimo conseguido pelo Santos. Como o patrimônio do presidente não alcançava o valor emprestado, outros membros do comitê também assinaram avais.

Vem Nigéria!
A Secretaria de Turismo de Campinas recebeu ontem a confirmação de que a seleção da Nigéria desistiu de trocar de CT e vai se preparar no Brinco de Ouro durante a Copa. Em março, os nigerianos haviam cogitado mudar o local de preparação devido aos atrasos na reforma do estádio do Guarani.

Momento decisivo
A votação deveria ter acontecido ontem, mas a pressão de parlamentares ligados à CBF – como Vicente Candido (PT), que nem esteve presente – e a discussão de pontos técnicos do novo texto do Proforte mudou o pleito para hoje, em sessão que começa às 14h. O novo texto quer ser a “Lei de Responsabilidade Fiscal” do esporte

Mochilão à vista
Tite prepara uma nova excursão pela Europa, no mês que vem. O técnico vai acompanhar as finais da Liga Europa, dia 14, em Turim, e da Liga dos Campões, dia 27, em Lisboa, que fecha a temporada européia. Tite só deve voltar a trabalhar após da Copa.

Outro lado
O Comitê Paralímpico Brasileiro afirma que não foi a entidade, mas a Secretaria de Direitos das Pessoas com Deficiência que decidiu não renovar o contrato do velocista Alan Fonteles, para o Time São Paulo. A decisão saiu no dia 14 e o CPB avisou Fonteles no dia 15 à noite para não ir ao evento do time, no dia 16.

Troca de parceiro
O nadador César Cielo rescindiu contrato de patrocínio com a Audi e fechou com a Fiat. A troca fez parte do acerto de Cielo com o Minas Tênis Clube, seu novo clube. O Minas é patrocinado pela montadora italiana. Tricampeão mundial dos 50m livre, o nadador fechou contrato com o Minas até a Rio-2016.

De Letra
 “A Portuguesa entrou em campo e disputou a Série B. Como é que queriam brigar pela Série A ainda? Foi de uma burrice…”
Delfim Peixoto, presidente da Federação Catarinense, sobre a Portuguesa ter abandonado o jogo contra o Joinville.



MaisRecentes

Detalhe técnico pode impossibilitar obra no campo do clube Everest



Continue Lendo

Mesmo debilitado, Eurico Miranda mostra sua força na política do Vasco



Continue Lendo

Apesar de decisão da Justiça, clubes apoiam Caboclo na CBF



Continue Lendo